Lígia pergunta a Téo onde Tony está. Téo diz que não sabe. Lígia confessa a Téo que não vai aguentar perder Tony. Lígia se oferece para ir com Téo ao hospital buscar Berenice. Renato avisa a Neide que ela será intimada a depor na Polícia Federal. Neide tenta se acalmar. O delegado Antunes afirma que pelas suas contas daria tempo para o sujeito que matou Armando ser a mesma pessoa que andou mascarada pelo hotel. Bruno manda Laila lhe trazer Fernanda e promete recompensá-la muito bem. Rafael está preocupado com o sumiço de Antônia. Douglas chama Luísa para ir para a Austrália com ele. Berenice fez sonoterapia e fica fora da realidade. Ela pergunta onde está Marília. Téo, Sônia e Lígia não sabem como contar a Berenice sobre a morte da Marília. A mando de Bruno, três seguranças estão de prontidão perto da porta que leva aos camarins. Tony liga para Fernanda e ela diz que Bruno colocou seguranças para vigiá-la. Lígia pede para Paulo localizar Tony pelo chip. Paulo afirma que nada tem a ver com assuntos pessoais. Lígia vai até a chácara com Paulo. Nícia mostra o DVD para Lígia. Gigi entra no escritório e percebe o clima. Ela olha a tela e vê a imagem de Jorge morto. A memória de Gigi volta num flash. Ela confessa que viu o assassino e sai correndo, perturbada. Fernanda grava a cena em que Estela sai da prisão. Laila espera Fernanda no camarim e diz que Bruno deu ordens para levá-la. Fernanda não vai com Laila. Tony pede para Pavão ajudar Fernanda a se livrar dos seguranças de Bruno. Gigi revela a Rudi que sabe quem matou Jorge. Chorando, ela conta que foi Caló. Rudi fica chocado. Vânia conta a Dulce que Armando morreu assassinado. Dulce chora e afirma que ele não vai fazer falta. Laila segue a van com Fernanda, Pavão, Ton-Ton e quatro homens.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here