Nesta segunda-feira, dia 13, estreia a novela Sete Pecados no ‘Vale a Pena Ver de Novo’. Ambientada em São Paulo, a trama assinada por Walcyr Carrasco, tem a direção geral e de núcleo de Jorge Fernando e direção de Fred Mayrink e Pedro Vasconcelos – e trará o tema à tona, com todas suas controvérsias e facetas. Inspirada livremente em A Divina Comédia, de Dante Alighieri (1265-1321), e Fausto, de Goethe (1749-1832), a novela contará uma grande história de amor, onde a paixão se confunde com a luta pelo poder e pelo dinheiro.
Para cada pecado capital: soberba, inveja, ira, preguiça, avareza, gula e luxúria, uma virtude: humildade, caridade, paciência, diligência, generosidade, temperança e castidade. A protagonista Beatriz (Priscila Fantin) vai perceber que os pecados e as virtudes são faces da mesma moeda.

Jovem mimada, Beatriz é rica e cheia de vontades, cuja vida é uma eterna busca pelo prazer. Aprendeu desde cedo que os laços e compromissos afetivos não têm valor algum sem que se leve em conta o dinheiro. Beatriz tem algo de bom dentro de si, mas essa qualidade fundamental está muito escondida. Por isso mesmo, manda e atormenta quem está por perto. Para se divertir, Beatriz está reformando um prédio e montando uma casa noturna nos Jardins, sofisticado bairro da capital paulista. O empreendimento é mais uma de suas loucuras, já que Beatriz passa de um projeto para outro, sem se deter em coisa nenhuma. O mais provável é que abandone a casa noturna em tempo recorde. No fundo, Beatriz tem uma ânsia enorme de viver, sente desejo de algo que não sabe o que é, e se atira nas coisas materiais porque ainda não descobriu a força de um grande amor.

Sua vida começa a mudar quando seu caminho cruza com Custódia (Claudia Jimenez). Viciada em todo o tipo de leitura de sorte, Beatriz decide encontrar uma cartomante para saber do seu futuro e assim conhece Custódia (Claudia Jimenez), que se surpreende com o que vê nas cartas e diz à moça que ela convive com os sete pecados capitais e, mais do que isto, gosta deles! Beatriz se diverte com o que escuta, afinal seria incapaz de viver sem um bom pecado. As cartas mostram que a jovem sente um vazio que não consegue preencher e que só será feliz quando deixar de lado os pecados por um grande amor. Para completar, fala que este amor está mais próximo do que imagina.

Irritada com as palavras de Custódia, Beatriz sai da casa da cartomante para para encontrar Pedro (Sidney Sampaio), um badalado chef de cozinha com quem pretende se casar. Ela não está apaixonada por Pedro, mas acredita que será mais feliz casada e está decidida a aceitar a proposta, feita durante um jantar romântico. Após o pedido, Beatriz, que não perde um festa badalada, decide ir ao lançamento de um novo site na Internet, mesmo contra a vontade do noivo, que acaba acompanhando-a, já que ela faz questão de ir.

Na festa, Beatriz esbarra com um ex-namorado, Marcelo (Ricardo Duque), e, para evitar uma situação constrangedora, finge não reconhecê-lo. Quando começa a exibição dos vídeos que serão lançados no site, todos são surpreendidos por imagens íntimas de Beatriz em uma praia deserta, acompanhada de Marcelo. Furioso e sentindo-se traído, Pedro briga com Beatriz e rompe o noivado.

Já recuperada das confusões da noite anterior, Beatriz (Priscila Fantin) vai até a obra da casa noturna que está construindo. Enquanto discute com o decorador os projetos da boate, Pedro (Sidney Sampaio) aparece. Ele não se conforma de ter sido traído e os dois brigam novamente. Beatriz sai correndo da boate e, ao atravessar sem olhar para os lados, é atropelada por Dante (Reynaldo Gianecchini), taxista que tem ponto naquela mesma rua.

Preocupado com o que pode ter acontecido, Dante sai do carro e a ajuda a se levantar. Nesse instante, Pedro aparece. Com medo de um novo escândalo, Beatriz pede ao taxista que a leve embora dali. Com esse encontro, os dois conversam e descobrem que se conhecem desde criança, quando, durante um ano, estudaram juntos em um colégio no qual a mãe de Dante era a faxineira. Naquela época, foram amigos, quase namoradinhos. Enquanto conversam, Dante é amável com Beatriz, que não está acostumada a gentilezas desinteressadas. Encantada com Dante, e com as lembranças do passado, Beatriz o convida para sair, mas ele recusa: diz que é casado com Clarice (Giovanna Antonelli) e muito feliz ao lado da mulher e dos filhos.

Ele vai embora e Beatriz chega à beira da loucura. Nunca nenhum homem lhe disse não. Seu orgulho ferido faz com que fique mais interessada ainda no taxista. Decide, então, procurar novamente Custódia (Claudia Jimenez): quer que a cartomante lhe ajude a fazer com que Dante se apaixone por ela. Para sua surpresa, ao chegar ao endereço e descobre que nunca morou uma cartomante em tal lugar. Ao sair do local, Beatriz estranha ver uma pequena estatueta de anjo no aparador que tem a cara da cartomante.

De fato, a cartomante não era senão o anjo da guarda de Beatriz. Está certo que um anjo um pouco atrapalhado, mas Custódia (Claudia Jimenez) já não sabe o que fazer para salvar sua protegida das confusões que apronta. Cansada de sua função, ela pede ao arcanjo Gabriel (Erik Marmo) que lhe dê uma missão mais fácil. Gabriel repreende Custódia, afinal ele fizera de tudo para ajudá-la. Alugou, inclusive, uma casa em frente à boate que Beatriz vai inaugurar, onde montou um sebo, para que ela pudesse acompanhar de perto os passos da jovem.

Quando Custódia conta ao seu superior que se passou por cartomante para poder dar conselhos diretamente a Beatriz, Gabriel prevê que novas confusões vão surgir. Afinal, Custódia prometeu a Beatriz que ela encontraria um grande amor, mas esqueceu de verificar um detalhe importante antes de atirá-la nos braços deste tal homem com alma de anjo: Dante (Reynaldo Gianecchini) é casado, e muito bem casado, com Clarice (Giovanna Antonelli).

Os sete pecados capitais – Inveja, Ira, Vaidade, Preguiça, Gula, Avareza e Luxúria – fazem parte de nosso cotidiano. Estão diretamente relacionados às nossas pequenas fraquezas, nossos dramas e, também, nosso humor. Em Sete Pecados, cada personagem, ou núcleo, tem como característica um pecado exacerbado.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here