Enfurecido com o fato de seus escravos estarem trabalhando para Ricardo (Bruno Gagliasso), Coutinho (Othon Bastos) resolve reverter a situação de maneira radical. Como nunca chegou a entregar as cartas de alforria para seus escravos, ele inutiliza o documento que dá liberdade àqueles que trocaram sua fazenda pela de Ricardo.

Revoltado com a traição do falso abolicionista, Rodolfo (Danton Mello) traça uma estratégia. Ele orienta todos os escravos de Coutinho a queimarem suas cartas de alforria como forma de protesto. Como garantia, os escravos têm a promessa de que o Irmão do Quilombo vai abrir a senzala da fazenda e dar, de verdade, a liberdade para eles.

Quando os cinco escravos “traidores” retornam para a fazenda, Coutinho entrega as cartas de alforria para os demais que haviam permanecido no local. Diante do olhar perplexo de Coutinho, um a um, os escravos se dirigem a uma grande fogueira, jogam lá suas cartas de alforria e seguem para a senzala.

As cenas foram gravadas na Central Globo de Produção, em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro, e a previsão é que sejam exibidas a partir de terça-feira, dia 06.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here