Galvão nega todas as acusações. Suzana diz que Waldete não tem direito de se intrometer em sua vida. Liginha pede desculpas a Walquíria pela atitude de Zig e Thor. Pacífico ameaça o prefeito, sob os gritos de Leonora. Nélson promete fazer o que Pacífico quiser, e o pescador manda Nélson não incomodar mais Gibo. Nélson, sob pressão de Pacífico, pede que Galvão volte a ser o técnico do time de futebol. Walquíria diz que Liginha não precisa se preocupar. Eros manda Zig e Thor não importunarem mais Walquíria. Sandro pergunta se Eros está ameaçando os irmãos, e ele acusa o pai pela amargura de sua mãe. Walquíria dá um convite para Dora de uma festa de gala no Rio de Janeiro. Duda diz a Carminha que não vai denunciar Vidigal, porque ele é bem relacionado. Polidoro comenta que as esmeraldas jamais apareceram e que Gennaro tinha um cúmplice brasileiro. Orlando garante não saber de nada. Pacífico sente-se mal e é socorrido por Florinda. Pacífico garante a Alcides que Nélson vai autorizar a quermesse. Neuza avisa Glauco que Suzana ficará em seu lugar enquanto ela estiver viajando. Zara dá um beijo em Zig, que sai correndo eufórico. Violeta pede que Glauco arrume alguém para dar uma lição em Suzana e Alma. Zezinho sai do hospital com uma órtese e se despede de Bento. Suzana sugere que Virgínia coloque um anúncio para alugar a loja que vai ficar vaga. Nélson assina a autorização para a quermesse. Violeta não consegue falar com o prefeito e fica furiosa. Polidoro conversa com Galvão sobre os novos empreendimentos, deixando-o intrigado. Eros e Gregg seguem Alma e Suzana. Duda decide voltar para Caramirim. Bento diz a Dora que não poderá ir à festa de gala, porque é no mesmo dia da quermesse. Quatro homens cercam Alma e Suzana.






DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here