Apesar de ter sido enganado, Sandro concordou em fazer os exames nos Estados Unidos. Ao chegar ao hotel com o resultado nas mãos, ele entrega o envelope para Eros, que fica tenso e fica sem coragem para abrir e ler. “Não acredito que você armou mil e uma, conseguiu atravessar o oceano até os Estados Unidos e vai amarelar agora na hora de abrir o exame”, diz Sandro, tentando encorajá-lo.

Eros toma coragem, abre o envelope e começa a ler. “Aqui diz que o seu aneurisma é inoperável. Não existe tratamento possível…”, lê ele. Sandro diz que já sabia disso desde o início, mas preferia ter poupado a família dessa frustração. Eros fica inconsolável! “Não é justo, pai. A gente se encontrou há tão pouco tempo… Você é muito jovem para morrer… Tanta gente ruim no mundo e logo você…”, fala Eros, aos prantos. “Eu não vou deixar você morrer, Sandrão, não vou! Juro!”, promete ele. Eros não se contem e abraça o pai, que tenta ser firme.

A cena vai ao ar a partir do dia 5 de fevereiro.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here