A partir desta sexta-feira, dia 01 de julho, novos plim-plims vão estar nos intervalos dos filmes exibidos pela TV Globo. Sete cartunistas foram convidados para criar animações que têm como tema o desarmamento: Ique, Jaguar, Mariana Massarani, Miguel Paiva, Otávio Rios, Pryscila Vieira e Ziraldo. Os desenhos têm cerca de 10 segundos e estréiam na Sessão da Tarde, que exibirá o filme “Hércules em Busca do Reino Perdido”.

No breve suspense “Desarmassando”, criado por Ique, um rapaz atravessa um tiroteio na cidade com um revólver em punho. Na verdade, ele está levando sua arma para ser destruída. No filme “Jogando a arma fora”, Jaguar mostra o desarmamento como um prêmio : um homem joga seu revólver em um caixote, similar a uma urna de sorteio, no qual está escrito “deposite aqui a sua arma”. Mariana Massarani também explora o conceito da recompensa: em “Armas não!”, rapaz vê florescer um belo jardim no local onde enterrou seu revólver. Já Miguel Paiva se aproveita da delicadeza feminina na luta contra violência, em “Batom”. Com formatos parecidos, a maquiagem risca uma munição.

Os jovens também têm vez nos novos plim plims. Em “Páre”, de Otávio Rios, um grupo de adolescentes encharca as mãos de tinta vermelha ao som da batida hip hop, para fazer um cartaz com o símbolo “armas são proibidas”. E o humor está presente no “Evolução”, de Pryscila Vieira. De forma divertida, a animação mostra que, portando arma, o homem passa para os primórdios da cadeia evolutiva, atrás até do macaco. Por fim, Ziraldo brinca com as palavras no seu “Amar o Brasil”. Através de um jogo gráfico com as letras, a animação transforma a frase “amar o Brasil” em “é desarmar o Brasil”.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here