Claude liga a Roberta para perguntar sobre Serafina. Roberta diz que será como transformar chumbo em ouro, levará pelo menos cinco dias para mudar Serafina. Mesmo assim, ela não garante nada. Serafina ouve tudo. Roberta explica a Serafina que não teria aceitado o desafio de ensiná-la se não tivesse certeza que conseguiria. Serafina confessa que se sente um bucho. Roberta afirma que Serafina é bonita e pede para ela tratar os outros de igual para igual, sem usar os pronomes de tratamento “senhor” e “senhora”. Esta é a primeira lição de Roberta para Serafina. Roberta diz que mudar a etiqueta só depende de Serafina e que falta-lhe amor próprio. Esta é a segunda lição. Roberta recomenda que Serafina pense positivo e ignore mensagens insignificantes. Catarina incentiva Milton a casar com Terezinha, para que a família tenha parentesco com Claude e passe para a classe AAA. Pepa tropeça e deixa cair os copos de cristal de Catarina. Catarina dispensa Pepa. Roberta promete que fará uma verdadeira reconstrução da personagem de Serafina na vida real. Alabá comenta com Sérgio que falta auto-confiança para Serafina. E tem uma ideia para ajudá-la. Pepa lembra seus vizinhos que o despejo está próximo. Pimpinoni acalma a todos. Terezinha fala para Amália que Milton marcou o casamento na igreja depois que a mãe Catarina se animou com a notícia no jornal de que Claude e Serafina já casaram. Joãozinho conta para Pepa e Antonieta que há um espírito de escravo no cortiço. Pepa sugere que o menino vire autor de novela, tamanha a imaginação da criança. Claude pede ao casal Smith para remarcar o jantar, e inventa a desculpa de que Serafina ficou doente. Mrs. Smith insinua que Claude casou por interesse. O francês nega e afirma que casou porque se apaixonou. Egídio envia e-mail a Nara relatando o motivo de sua viagem: evitar o escândalo de Zequias e falar com o velho Bento no Ceará. Egídio (chamado de Dr. Olegário por Zequias) chega à cidade de Pacatuba, no Ceará. Bento pede para Egídio ver o neto antes dele morrer. Bento lembra que Dr. Olegário (Egídio) levou Bentinho (Beto) do Ceará para São Paulo para criá-lo quando Nara perdeu o seu bebê. Bento relembra que Egídio levou o menino “para Nara não ficar triste”. Bento exige a visita do neto. Egídio acalma Bento e garante que Bentinho virou um moço forte e bonito. Bento manda Zequias buscar as cartas que deixou para o delegado e para Egídio.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here