Para iniciar as preparações do grande show de Mary Montilla (Carmem Verônica) e Guida Guevara (Iris Bruzzi), a diretora Denise Saraceni reuniu 15 vedetes e o diretor Carlos Manga, que vão participar do evento como eles mesmos. O espetáculo, que será exibido no capítulo final de Belíssima, será uma homenagem do autor Silvio de Abreu a todos que fizeram parte dos áureos tempos do teatro de revista dos anos 50.

Brincadeiras, saudosismo, cantorias e principalmente muita emoção, marcaram este primeiro encontro, realizado nesta terça-feira, dia 29, na Central Globo de Produção , em Jacarepaguá. A reunião contou com a presença de Anilza Leoni, Brigitte Blair, Elisabeth Gasper, Esther Tarsitano, Lia Mara, Maria Pompeu, Eloina Ferraz, Lady Hilda, Lilian Fernandes, Maria Quitéria, Marly Marley, Rosinda Rosa, Teresa Costelo, Vitória Regia e Virginia Lane. Uma das mais animadas Esther Tarsitano puxou o coro de “Um, dois, três, quatro, cinco mil! Eu sou a vedete mais dengosa do Brasil!” e foi prontamente acompanhada pelas colegas que faziam gestos que lembravam suas atuações no palco.

As vedetes receberam Carlos Manga com muito carinho e bastante ansiosas pra saberem se seriam reconhecidas. Muitas já foram dirigidas por Manga, na época do teatro de revista, e a maioria não o via há muito tempo. O diretor não fez feio e reconheceu cada uma pelo nome. Manga disse que pretende fazer um show grandioso com muita luz e brilho para fazer jus ao talento das artistas que marcaram a história cultural do Brasil.

A reunião foi o primeiro passo para a montagem do show, onde as vedetes tiraram as medidas para o figurino. As 15 voltarão a se reunir com a equipe de Belíssima para fazer a prova dos figurinos e devem ensaiar durante dois dias a coreografia do show, antes de gravação da cena.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here