Leonardo explica para Marcos que Nogueira quer enquadrar Miguel pelo assassinato de Alencar. Ele diz ainda que Nogueira argumenta que foi homicídio qualificado, que Miguel matou para encobrir outro crime, o tráfico de drogas, que era investigado pelo inspetor. Leonardo diz para Marcos que Nogueira já apresentou provas como laudos periciais e depoimentos. Lucília fala de suas receitas para Ísis. Ísis pergunta para Lucília se ela não pensa em ganhar dinheiro cozinhando. Mariana diz para Alfredo que não quer ser apenas “o plano b” dele. Ele garante que já esqueceu Carla. Os dois começam a se beijar. Cilene chega e os dois pulam do sofá. Mariana pergunta para Alfredo se ela pode contar para Carla o que está rolando entre eles. Patrícia decide continuar morando na casa de Lisinha com Carla. Leonardo diz para Marcos que leu no processo que há o depoimento de um morador do Torto que pede para ser mantido em sigilo, porque se sente ameaçado por Miguel Campobelo e sua namorada. No depoimento, este morador (Cecílio da Silva) diz que viu mais de uma vez Miguel negociando com o traficante Sovaco. E, afirma categoricamente, que foi Miguel Campobelo que matou o inspetor Alencar com uma paulada na cabeça. Marcos questiona Leonardo se não pode ser um testemunho falso. Leonardo diz ainda que a polícia técnica encontrou vestígios de sangue no carro de Miguel e que as amostras se revelaram compatíveis com o sangue do inspetor Alencar. Ainda foi encontrado vestígio de cocaína no carro de Campobelo. Marcos pergunta para Leonardo qual será o parecer dele sobre o processo que será encaminhado ao juiz. Wilson e Letícia perguntam para Lucília como foi o almoço com Ísis. Leonardo diz para Carmo que precisa de uma testemunha para dizer o que exatamente aconteceu no Torto. Boris vai até o hotel e liga para Ísis. Nogueira recebe a visita de Erínia e Sérgio. Nogueira diz para Erínia que encaminhou ao juiz o pedido de prisão de Miguel. Sérgio diz para Nogueira que conversou com amigos do governo e alguns deputados e um deles ficou de fazer um discurso na Assembléia Legislativa a propósito do caso, denunciando os traficantes do asfalto e defendendo a polícia que tem coragem de enfrentar os poderosos. Pedro conversa com Latife e sugere uma matéria sobre violência urbana. Marcelo liga para Latife e diz que duas pessoas estão dispostas a falar o que realmente aconteceu no Torto, mas que precisam se manter no anonimato. Leonardo dá seu parecer sobre o caso de Miguel: o promotor é contra a prisão de Campobelo. Carmo vai procurar Rosária e pede que ela conte para Leonardo o que aconteceu no Torto no dia das mortes. Rosária diz que vai pensar. Boris se encontra com Ísis e conta como está sendo a experiência no Torto. Carla vai visitar o pai na casa de Carmo. Nogueira encontra com Erínia na loja dela e mostra a ordem de prisão de Miguel Campobelo.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here