A intuição de Helena já avisava que Bruno poderia ser o tal filho que Marcos nunca teria conhecido. Mesmo assim, quando o amado confirma a suspeita, a modelo sofre um baque. Percebendo que tinha acabado de se separar do pai para viver ao lado do filho, Helena fica bem confusa. A saída é, mais uma vez, buscar a paz de Búzios e o colo da mãe, Edite, para colocar as ideias em ordem.

Alice faz o papel de fiel escudeira e acompanha a amiga na viagem para o balneário, procurando animá-la. Quando chega à pousada, Helena não demora muito a chamar a mãe para o seu quarto, onde faz um doloroso desabafo. Edite descobre, enfim, os dramas que a filha tem vivido recentemente. E claro, ela fica chocada: “Isso parece até coisa do demo!”.

A mãe não usa meias palavras e dá o seu conselho para a filha, ainda no calor da emoção: “Eu, no seu lugar, terminava esse romance na hora. Nem queria mais ver a cara dele”. Helena acaba ficando mais agoniada, e pergunta se Bruno teria culpa de alguma coisa. Mas Edite não quer procurar culpados: “Ah, não, me desculpe, mas se você quiser cair fora, eu dou a maior força”.

Mas as bombas não acabam por aí… Helena também revela para a mãe o flagra que deu em Dora e Marcos, cuja traição foi a pá de cal para o seu casamento. Edite quase cai para trás: “Helena, você tem que se benzer imediatamente! Há um complô universal contra você!”.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here