O estranho comportamento do personagem Gerson, vivido por Marcello Antony, em Passione, tem gerado muita discussão. Apesar das especulações em torno do personagem, o autor da trama, Silvio de Abreu revelou com todas as letras: o personagem de Marcello Antony na novela das oito da Globo não é gay nem pedófilo, apesar das insinuações dos capítulos da semana passada. A declaração foi dada ao jornal Folha de S.Paulo.

Na lua de mel, Gerson (Antony) deixava a mulher (Diana/Carolina Dieckmann) sozinha para acessar a internet.

Em uma cena, entregou uma bola a uma garotinha na praia, passou a mão no cabelo da menina e fez aquela cara que pode dizer tudo, a depender da interpretação.

Em seguida, disse à mulher, categórico, que não queria ter filhos nunca. Ele tranca a porta do quarto para ligar o computador e olha a tela com cara enigmática.

"Tudo o que estão falando sobre o Gerson [Antony] é especulação. Ele tem um segredo ligado ao computador, mas não é pedófilo, nem gay, nem estéril, como andou saindo por aí [na imprensa]", afirmou Abreu à Folha.

Como o mistério é uma das características das tramas do autor, ele preferiu não ir além: "Qual é o segredo não vou revelar e não quero dar mais pistas". Abreu não respondeu quando a Folha perguntou se Gerson é hacker.

Após advertência do Ministério da Justiça, "Passione", que tem sexo e drogas, mudou a classificação.

De 10 anos, passou a recomendada a maiores de 12.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here