MSN

terça-feira, 16 de julho de 2024

Análise: ‘Caravana das Drags’ prometeu diversidade, mas falhou no cumprimento da promessa

A expectativa do público brasileiro por um formato como o 'Caravana das Drags' era grande e aguardada há anos, mas acabou decepcionando

-

-

Lauan Brito
Lauan Brito
Venha fazer parte da nossa equipe de colaboradores! Saiba mais!
Caravana das Drags
Caravana das Drags – Foto: Prime Video

Nesta quinta-feira, 25 de maio, foi disponibilizado o episódio final do reality show ‘Caravana das Drags‘ para todo o público. A competição entre drag queens realizada pelo Prime Video embarca na mesma onda que ‘RuPaul’s Drag Race’ e formatos similares que são feitos em todo mundo. No entanto, esse tem a promessa de exaltar as artistas brasileiras e, através de um ônibus apelidado de Vera Busão – referência à personagem Vera Verão –, roda o território nacional, passando por localidades como Rio de Janeiro, Salvador, Diamantina, São Luis e Belém, onde aconteceu a coroação da Drag Soberana.

- Continua após o anúncio -

Por ser uma atração que celebra a comunidade LGBTQIA+, constantemente é mencionada a diversidade, tanto pelas apresentadores quanto pelas participantes. Contudo, no momento em que foi mais preciso debater sobre o assunto, fizeram pouco caso. Isso aconteceu no sexto episódio, quando a concorrente Chandelly Kidman praticou blackface, uma prática atrelada à ridicularização de pessoas negras.

+ Xuxa rebate críticas sobre apresentar reality de drag queens: “Não estou estimulando”

Apesar de ser um tema importante a ser discutido em um programa de tanta visibilidade, a equipe tentou fingir que a atitude racista não aconteceu, com truques de edição, e não deram detalhes sobre o motivo pelo qual a drag foi desclassificada. Não só isso, o Prime Video demorou uma semana para esclarecer o assunto, o qual foi feito após muita pressão dos espectadores, e mesmo assim, o comunicado foi raso. Ademais, é importante ressaltar que, das dez participantes, apenas três eram pretas em um país onde mais da metade da população é negra, conforme o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

- Continua após o anúncio -

Assim que Xuxa Meneghel foi anunciada como parceira de Ikaro Kadoshi na apresentação do reality, a ex-estrela da TV Globo foi muito criticada pelo público por não fazer parte da cena drag. Todavia, com o tempo, a discussão foi sendo abafada porque foi compreendido que um nome tão grande como o da Rainha dos Baixinhos levaria mais exposição para o ‘Caravana’, algo indiscutível.

Entretanto, desde o primeiro episódio, foi possível notar que a escolha de Xuxa como anfitriã realmente não caiu bem. Ela tem um legado fascinante, porém parece não ter se adequado à atração. Tudo o que ela dizia ou fazia dava a entender que era forçado, e esse detalhe ficou claro na final. Enquanto as participantes tinham um entrosamento incrível com Ikaro, as interações delas com a mãe de Sasha não eram naturais e demonstravam até mesmo um certo desconforto.

- Continua após o anúncio -

+ Influenciadora critica apresentação de Xuxa Meneghel em reality de drag queens: “Uma pena”

Como presente por terem chegado tão longe, as finalistas puderam escolher o tema da última apresentação. Frimes preferiu fazer uma performance dramática, DesiRée decidiu se inspirou nas vedetes, Gaia escolheu a brasilidade, e Hellena optou pelo lipsync.

As drags tiveram um desempenho fascinante durante a competição e eram esperadas apresentações de cair o queixo, mas ficou só na expectativa. Nenhuma conseguiu entregar um desempenho digno de final; todas fizeram atos muito simples ou apenas reciclaram desafios anteriores da temporada. Apesar disso, é irrefutável que a que mais se destacou, mesmo que de forma remota, foi Hellena, a grande campeã.

A expectativa do público brasileiro por um formato como o ‘Caravana das Drags’ era grande. A comunidade nacional sempre contou com talentos extraordinários e aguardava há anos por algo do tipo. Todavia, quando chegou o momento, foi perceptível a decepção. O reality tem uma boa ideia, é incrível conhecer um pouco mais do nosso país em cada episódio, mas não é bem executado. Desde a edição sem sentido até o discurso superficial de diversidade, só mesmo o carisma das participantes e o entusiasmo de Kadoshi conseguiram salvar a competição. É sempre bom ter projetos brasileiros sendo desenvolvidos, contudo, o programa do Prime Video me faz refletir se é realmente necessária uma renovação de temporada.

**As críticas e análises aqui expostas correspondem à opinião de seus autores

- Continua após o anúncio -

Continue por dentro com a gente: Google Notícias , Telegram , Whatsapp

Lauan Brito
Lauan Brito
Venha fazer parte da nossa equipe de colaboradores! Saiba mais!