Angélica e Fátima Bernardes ( Globo/Deborah Montenegro)
Angélica e Fátima Bernardes ( Globo/Deborah Montenegro)

“Minha alma canta, vejo o Rio de Janeiro, estou morrendo de saudades…”. Os versos de “Samba do Avião”, canção de Tom Jobim, eternizada pela voz do artista carioca, guiam o público pelo início do ‘Estrelas do Brasil’ deste sábado, dia 28, o último programa da temporada no Rio de Janeiro e também o último da história do ‘Estrelas’.

A música, é claro, acompanha a imagem que a inspirou: do ponto de vista aéreo, vê-se o Cristo Redentor – “… braços abertos sobre a Guanabara” – conforme cantou Tom, nos idos da década de 1960. Mais de 50 anos depois, a estátua que é também cartão postal da capital fluminense segue firme, imponente, guardando a cidade aos seus pés, apesar do tanto que ela mudou, e que talvez só seja realmente percebido quando a correria cotidiana permite tempo e espaço para um olhar mais observador sobre o local. Todo presente anuncia um futuro. E todo futuro só existe porque houve um passado. “Aperte o cinto, vamos chegar”, já dizia a canção.

“Está no ar mais um ‘Estrelas do Brasil’ e, hoje, nessa cidade maravilhosa. Nós vamos contar a história dessa cidade falando um pouco sobre o glamour, a beleza e as tradições do Rio de Janeiro. E quem vai me ajudar nesta empreitada é Lilia Cabral e Fátima Bernardes”, anuncia Angélica. Para encerrar a temporada, o tema escolhido é “Rio antigo”. A apresentadora e suas convidadas visitam dois lugares que, no decorrer dos anos, tornaram-se símbolos cariocas: a confeitaria Colombo, localizada no Centro da cidade, e o Hotel Copacabana Palace, que carrega o nome do bairro onde construiu sua tradição. Como guias pelos corredores e também pela histórias desses dois locais, elas contam com estrelas cujas trajetórias profissionais se misturam às pessoais e, ainda, às dos próprios comércios. São funcionários – entre garçons, concierges, chefs de cozinha e administradores – que carregam consigo um pouco da história do Rio de Janeiro.

O ‘Estrelas’ deste sábado também conta com uma reunião de momentos especiais que marcaram os 12 anos da atração no ar. “Acho que a palavra que pode definir é gratidão”, diz Angélica ao público, durante um até logo emocionado, ao lado de Lilia e Fátima.

O ‘Estrelas do Brasil’ tem direção geral de Hélio Vargas e redação final de Paula Miller. A atração vai ao ar aos sábados, logo após ‘Sessão Comédia’.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here