divulgação

Todos os diretores da Bandeirantes, incluindo os vários vice-presidentes, foram obrigados a concordar com as reduções dos seus vencimentos, usando como anteparo de tudo os estudos realizados pela McKinsey, empresa de consultoria. Média de 20%. Não teve choro nem vela.

De acordo com a coluna de Flávio Ricco, informa-se agora que o mesmo procedimento se estendeu para os contratados da casa, aqueles considerados os maiores salários. Neto, Milton Neves, Luciano do Valle, Téo José e Renata Fan. Todos foram chamados e, segundo se informa, acabaram concordando em diminuir os seus recebimentos mensais, mesmo porque não foi colocada outra opção. Era isso ou isso.

A publicação procurou cada um deles, mas nenhum quis se manifestar.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here