Ilha de Ferro - Dante e Julia (Globo/ Raquel Cunha)
Ilha de Ferro – Dante e Julia (Globo/ Raquel Cunha)

Acompanhando o crescimento do mercado de streaming, o grupo Globo investe cada vez mais em séries. O lançamento do momento é Ilha de Ferro, que já disponível desde quarta-feira (14) no Globoplay.

Mas a série terá o primeiro episódio exibido pela TV aberta na próxima segunda-feira (19), na Tela Quente Especial. O grande público poderá conferir o início dessa história que traz Cauã Reymond e Maria Casadevall como protagonistas. A série ainda conta com nomes como Cassia Kiss, Osmar Prado, Jonathan Azevedo, Taumaturgo Ferreira, entre outros.

Na história, Dante, papel de Cauã, é engenheiro de uma plataforma de petróleo e espera ser promovido depois de trabalho árduo em longas jornadas. Mas quem chega e toma ‘seu lugar’ é Júlia, interpretada por Maria Casadevall. “Aprendi muito com a Maria, junto com o Dante. Ele sofre um amadurecimento dentro da série, em relação ao machismo dele, essa dificuldade, esse enfrentamento, ele realmente é bom profissional e de repente chega uma mulher que é tão boa quanto ele ou melhor”, ressalta Cauã.

E se na vida profissional o mar não está para peixe, na vida real Dante tem que lidar com sua vida conjugal com Leona (Sophie Charlotte), que por sua vez se sente abandonada por ficar tanto tempo longe do amado por conta do trabalho. Numa espécie de vingança, a mulher acaba tento um caso com o cunhado, Bruno (Klebber Toledo). A briga entre os irmãos trará grandes consequências para a vida do trio.

Entre as muitas cenas de ação, estará a briga dos irmãos em pleno voo de helicóptero. “Engraçado que foram tantos dias de filmagem, tantos dias diferentes, eu adorei. Foi uma cena difícil, a gente filmou um dia numa piscina, outro dia com um caminhão de água entrando numa traquitana, a gente filmou a cena dramática, o helicóptero levantando. Então foram muitos dias de filmagens, eu acho que o Afonso (Poyard, diretor) está de parabéns, ele dá um show nisso. É realmente um trabalho superior como direção, principalmente na parte técnica”, destaca Cauã.

Após reatar namoro, Cauã Reymond faz post romântico

Personagens complexas

O drama de Leona é descrita com um personalidade multifacetada, que, em poucos minutos, pode ir da euforia ao desespero  com motivos que talvez só ela entenda. “Me interessa muito como mulher e como artista o que eu não entendo e a Leona, na minha primeira leitura, me trouxe uma noção de abismo. Foi um processo muito rico de aprendizado, de descoberta, como atriz, como mulher, como ser humano. Eu acho que é o ganho nesse espaço desse ofício. Eu acho interessante o personagem da Leona, em especial, pelo contraponto que ela propõe, do mar com a terra, e dos conflitos desse isolamento inverso. Ela está sempre no abismo da loucura dela mesmo estando em terra”, analisou Sophie Charlote, intérprete da personagem.

Já Julia, vivida por Casadevall, é completamente o oposto. Segura de seus objetivos, ela sabe muito bem expressar seus objetivos, ainda que seja uma pessoa reservada em sua vida pessoal. “Eu vi na Julia uma oportunidade para ocupar justamente esse espaço da dramaturgia que tá acontecendo. Acho que na série, a gente não precisa abordar política pra falar de política, a gente não precisa levantar bandeira. A mesma coisa a Julia com o feminismo, não precisa estar na boca dela um texto sobre feminismo, mas a partir do momento que ela resolveu cursar engenharia de petróleo, se tornar essa mulher que começou a ocupar esse espaço  predominantemente ocupado por homens, ela está falando sobre o feminismo. Ela me atrai”, afirma a atriz.

Caio Blat faz post polêmico e Maria Casadevall detona o ator

Preparação intensa

Toda a ação da série acontece entre o continente, uma plataforma real, da Petrobras, uma plataforma cenográfica, erguida nos Estúdios Globo, e o modelo virtual em 3D. A réplica física de cerca de 3 mil metros quadrados concentrou quase 60% da primeira temporada. Para as cenas de interior, foi usado um cenário à parte, com 315 metros quadrados

Para dar vida à história de Adriana Lunardi e Max Mallmann, que ficou doente e faleceu depois da criação do oitavo episódio, a equipe trabalhou duro. Além de todo o desafio da produção, os atores tiveram que colocar a mão na massa na criação dos personagens.

Além da leitura da história, eles contaram com a ajuda da preparadora Ana Kfouri e um curso obrigatório para quem entra em uma plataforma de petróleo.  “Eu queria que ela (Ana Kfouri) criasse essa condição mais visceral, mais emocional, entre os atores. Teve várias sessões com ela. É um elenco muito grande, então você reunir essa galera exclusivamente por muito tempo, conciliar essas agendas. Esse curso (obrigatório) durou uma semana, a gente ficou internado nessa aula, teórica e prática, uma semana onde ficaram basicamente todos juntos e já começamos a experimentar um pouco a dinâmica”, contou Afonso Poyart, diretor artístico de Ilha de Ferro.

O Área Vip marcou presença na coletiva de imprensa no Rio de Janeiro, na última terça (13) e os atores Jonathan Azevedo e Taumaturgo Ferreira mandaram um recadinho para o público.

Confira os vídeos:

A série, criada e escrita por Max Mallmann e Adriana Lunardi, com supervisão de Mauro Wilson, tem direção artística e geral de Afonso Poyart, e direção de Roberta Richard e Guga Sander.

Confira também:

Globo estreia a série ‘Pais de Primeira’



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here