Dony de Nuccio / Instagram

Dony de Nuccio deixou a Rede Globo no começo de agosto, após vir a público que ele recebia uma quantia milionária com ações publicitárias de um famoso banco. Mas ele não vai ficar muito tempo fora da TV, isso porque o SBT e o jornalista estão em negociações.

Na manhã desta segunda-feira (7) o portal Notícias da TV noticiou que o profissional informou a emissora que o Bradesco será um dos patrocinadores do projeto que ele vai comandar na emissora de Silvio Santos.

Ao ver os boatos, no Instagram, Dony compartilhou uma nota e decidiu esclarecer algumas situações, que segundo ele, não são verdadeiras.

Confira a nota:

“A imprensa brasileira e o segmento de bastidores de televisão tem excelentes profissionais. Pessoas éticas, competentes, honestas. Mas para toda regra existe exceção.

Nunca fui de comentar reportagens a meu respeito. Mesmo as mais absurdas. Mas nessa segunda-feira a coluna Notícias da TV, que já se empenhou de forma ativa, desenvergonhada e desonesta em tentar me destruir, trás, novamente uma publicação caluniosa derramando mentiras do começo ao fim. Em nenhum momento a coluna me consultou para colher minha visão sobre o caso ou se quer dá direito de resposta, como preza a ética do bom jornalismo que supõe praticar. 

Em respeito aos leitores e seguidores, venho aqui restabelecer a verdade.
1) A coluna afirma que “informei à direção da emissora de Silvio Santos (…) que o Bradesco (…) será um dos patrocinadores do projeto que pretende comandar”. (…) e completa: “De Nucio (sic) foi incisivo nas reuniões com a direção do SBT ao apontar que o Bradesco está disposto a investir em seu programa”.

Mentira. Nunca mencionei o nome do referido banco e jamais disse que poderia ser patrocinador de qualquer produto que eu viesse a apresentar – nesta ou em qualquer outra emissora.

2) “Ele teve de pedir demissão por infringir o Código de Ética e Conduta do Grupo Globo”.

Mentira. Eu jamais infringir qualquer código de ética. Nunca em momento algum levei ao ar qualquer conteúdo que não fosse única e exclusivamente pelo interesse jornalístico e da emissora para qual eu trabalhava.

Esclareço, isso mais uma vez: pedir demissão por vontade própria, ao ver minha vida e de minha família invadida, exposta e transformada injustamente em um inferno, com uma onda raivosa de ataques contínuos, lastreados em invasões criminosas de e-mail, arquivos e equipamentos pessoais, com a intenção única de tentar destruir uma reputação que dediquei mais de duas décadas para, honestamente e com muito trabalho, construir. Campanha inclusive capitaneada por esta coluna.

3) “A decisão de abandonar de vez o jornalismo televisivo e migrar para entretenimento é para que Dony De Nuccio possa continuar negociando contratos publicitários, milionários como vinha fazendo às escondidas na Globo”.

Mentira. Jamais negociei ou atuei em qualquer campanha publicitária enquanto estava na Globo. E a decisão de migrar para entretenimento nada tem a ver com eventuais contratos publicitários, mas sim com o fato de eu querer novos desafios, gerar novos conteúdos, e já ter realizado sonhos e conquistas mais nos mais importantes postos do telejornalismo no país.

Diferente do que aconteceu até agora, essa suja desonesta e criminal da campanha de ataques que a presente coluna se empenha em travar, por interesses escusos, para tentar me destruir, não pode prosperar. A partir de hoje tomarei as devidas providências legais. A verdade tem que ser restabelecida e aqueles que distorcem expostos e responsabilizados. 

Felizmente esse é um caso isolado, e com uma atuação tão repugnante, mais do que a mim, a coluna e seu responsável atingem, envergonham e desonram principalmente a todos seus colegas, que atuam, ele sim, com honestidade e isenção.

Dony De Nuccio.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here