fbpx

Daniel revela como foi receber o convite para ser técnico do ‘The Voice+’

-

Wandreza Fernandes
Editora chefe do Área VIP e redatora web há 15 anos. Especialista em Famosos, TV, Reality shows e especialmente em Novelas.

Comente

Veja também

BBB21: Chegou a hora! De malas prontas, imunizados já sabem quando entrarão na casa

Tudo indica que, na noite desta terça-feira (26), Fiuk, Projota, Viih Tube, Lumena, Juliette e Arthur poderão conhecer os demais participantes do reality. Afinal, o ''Big Boss'' já mandou o 'papo' e pediu para que os seis imunizados colocassem as malas na dispensa. O que será que vem por aí?

BBB21: Dentro da casa, Karol Conká detona Nego do Borel: ”O escroto”

Nesta terça-feira (26), Karol Conká causou na Internet ao falar dentro da casa mais vigiada do país que encontrou o cantor Nego do Borel e o mesmo a questionou sobre sua sexualidade e gênero de forma preconceituosa.

BBB21: Durante bate-papo, Viih Tube desabafa e revela ter sofrido de doença mental aos 11 anos de idade: ”Síndrome do pânico”

Viih Tube abriu o coração no ''BBB21'' e desabafou sobre um assunto muito sério com a sister Lumena. Na ocasião, a influenciadora digital revelou um diagnóstico que recebeu ainda aos 11 anos de idade.

Cantor Daniel (Globo/João Miguel Júnior)
Cantor Daniel (Globo/João Miguel Júnior)

Ele participou como técnico das três primeiras edições do ‘The Voice Brasil’, de 2012 a 2014. Hoje, mais de seis anos depois, o cantor Daniel volta a conviver com essa grande família no ‘The Voice+’, reality musical para vozes a partir de 60 anos, que estreia dia 17 de janeiro na TV Globo. “Sempre me considerei parte desta família, mesmo de longe, estive sempre acompanhando e curtindo os programas. Chegar neste formato diferente, tendo entre as vozes pessoas mais experientes, mais maduras, é um grande presente. Estou ansioso como se estivesse fazendo isso pela primeira vez”, relata o cantor. Daniel reforça que ser técnico de uma competição como esta é uma grande responsabilidade. “Estamos ali para somar, para agregar, pois passamos a fazer parte diretamente da vida de muita gente”, reflete.

Sertanejo Daniel celebra aniversário da caçula Luiza

Aos 52 anos, Daniel vê vantagens na experiência que se ganha com o passar do tempo. “Apesar de ter tido dúvidas ao longo do caminho, hoje eu olho para trás e não consigo me ver fazendo outra coisa que não seja cantar. Hoje, eu me sinto melhor com minhas escolhas, o amadurecimento traz isso”, comenta. Na entrevista abaixo, Daniel comenta sobre suas expectativas para o programa, fala mais sobre os aprendizados que a vida lhe trouxe e dá dicas que servem não só para os candidatos do ‘The Voice+’, mas para todos.

Entrevista Daniel

Como foi receber o convite para ser técnico do ‘The Voice+’?
Eu estava na minha casa, no sofá da sala, e recebi a ligação desse meu amigo, que eu posso chamar assim, que é o Creso, me convidando pra fazer parte dessa história novamente. Eu fiquei muito feliz, muito lisonjeado. Primeiro, pelo fato de ser lembrado, pelo fato de estar sendo indicado para essa responsabilidade tão grande. Segundo por poder participar desse projeto que é diferenciado, por abrir portas para essas pessoas a partir de 60 anos, pessoas maduras, com uma bagagem de vida gigante. E, como eu ainda não tenho sessenta, mas estou quase chegando lá (risos), será uma fonte de inspiração a mais.

Em sua opinião, qual o maior ganho para os candidatos ao participarem de uma competição como esta?
O maior benefício é ter uma chance a mais de desenvolver aquilo que você ama, o que você gosta de fazer. Para alguns, talvez seja uma primeira chance de algo dessa natureza, e para outros, a retomada de uma história que já existiu e que de repente, por algum motivo, parou no meio do caminho, e agora estão tendo uma outra oportunidade.

Orientador ou aprendiz?
O ‘The Voice+’ traz exatamente a mesma responsabilidade de você estar ocupando uma cadeira de técnico e de ser um apoiador, um orientador e, ao mesmo tempo, eu acho que acima de tudo, um grande aprendiz. Certamente, vai ser bem mais complexo do que quando eu estive como técnico do ‘The Voice Brasil’. Lógico, era um projeto totalmente diferente e novo pra todos nós, né? Estávamos vendo o projeto pela primeira vez e nos deparando com aquele tamanho todo.

Victor Alves, do Time IZA, vence o The Voice

Na sua vida, quais benefícios na carreira artística vieram com o passar do tempo?
Acredito que ter a honra de chegar até aqui, entre tantos artistas, e poder ver a carreira reconhecida até hoje, poder estar diante da mídia, diante de pessoas amigas que são fãs, de ter os fãs-clubes gostando de cuidar de você, de ter pessoas que te seguem e passam isso de geração pra geração. É um grande privilégio! O amadurecimento vem com o aprendizado de tantas coisas que passei por esses anos todos. Outro benefício é poder chegar aqui com uma experiência muito maior, mas com a mesma essência, com a mesma identidade, com os mesmos objetivos, de saber que nós temos uma missão incrível através da música, e a nossa música fala muito alto no coração das pessoas, de tanta gente espalhada pelo Brasil e pelo mundo afora. Então, acho que o maior benefício é esse, de poder ter minhas conquistas e a criança que existe em mim hoje num homem maduro, de conseguir levar as coisas de um modo diferente, de uma forma mais tranquila, mais calma, de saber que tudo que tiver que acontecer irá acontecer.

Que dica daria aos candidatos se pudesse?
A orientação que eu posso passar é a seguinte: seja você mesmo, seja natural, entenda que naquele momento, apesar do nervosismo, que alguns de vocês possam vir a sentir e apesar da desenvoltura que muitos possam ter, tentem ficar calmos e entendam que aquele espaço é seu. Aquele momento é seu, ele é único, é exclusivo. É colocar o coração na garganta e soltar a sua voz, acho que é mais ou menos por aí. Esquecer que tem aquelas câmeras com aquelas luzinhas vermelhas apontadas para você e que existem quatro cadeiras que irão virar ou não pra você. Sintam a música e se soltem, se entreguem.

+ Sertanejo Daniel fala da emoção de retornar ao programa The Voice

O ‘The Voice+’ tem direção artística de Creso Eduardo Macedo e direção-geral de Angélica Campos. Apresentação de André Marques, com Thalita Rebouças nos bastidores. O reality tem previsão de estreia para o dia 17 de janeiro de 2021, será exibido na TV Globo aos domingos, às segundas, às 20h30, no Multishow, e estará disponível também no Globoplay.

E tem muito mais para você: Baixe o app Área VIP - TV e Famosos ou siga o Área VIP no Google Notícias e receba as informações mais quentes do entretenimento com tudo o que acontece no mundo da TV e dos Famosos - Clique Aqui!

Wandreza Fernandes
Editora chefe do Área VIP e redatora web há 15 anos. Especialista em Famosos, TV, Reality shows e especialmente em Novelas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Últimas TV & Famosos