Elenco de Órfãos da Terra (Globo / João Miguel)
Elenco de Órfãos da Terra (Globo / João Miguel)

O Clube Monte Líbano, espécie de embaixada cultural libanesa no Rio de Janeiro, foi o local escolhido para o evento de lançamento de ‘Órfãos da Terra’. A proposta foi promover uma vivência através de um passeio por um mix de culturas e etnias, que é o pano de fundo da trama da próxima novela das seis.

O elenco e a equipe da obra, além da imprensa convidada, circularam pelo espaço, cuja ambientação recebeu a estética de uma feira típica, produzida em parceria com a Feira Chega Junto, que, desde 2015, reúne produtores refugiados e gente de todo o mundo.

Por todo o espaço, uma verdadeira celebração étnico-gastronômica, onde as barracas serviram comidas típicas de locais como Síria, Líbano, Nigéria, Togo/Camarões, Venezuela e Colômbia, exaltando as histórias de vida dos produtores através de placas indicativas com suas minibiografias. Do cardápio árabe, destacaram-se para pratos como minifalafel, arroz com lentilha, kafta, babaganouch, hommus, taboule, bolo árabe de semolina e calda de água perfumada e doces árabes sortidos, assinados pelos chefs Mohammed Shurbaji (Síria), Mouhannad Alkhouri (Síria) e Maria El Warrak (Líbano-Venezuela).

No cardápio africano, as chefs Lateefat Hassan (Nigéria) e Louise Nya (Togo-Camarões) apresentaram barquete togolês, minicoquetel picante de camarão, arroz jollof com carne desfiada e banana da terra frita à moda nigeriana, cassoulet de legumes com minidumplings de arroz adocicado e doce de amendoim crocante. E, no cardápio latino-americano, estavam mini-arepas sortidas de carne mechada, reina pepiada (frango) e queijo, com molhos ajil (guacamole), cebola caramelizada e alguns picantes, além de miniceviches e torta Trés Leches, feitos pelos chefs Luis Moran (Peru), Maria Gabriela Morena (Venezuela) e Nelly Camacho (Colômbia).

Durante o evento, autoras e diretores da novela subiram ao palco para anunciar a exibição do clipe com imagens inéditas da obra. “A novela é um folhetim clássico que vai contar uma grande história de amor. O nosso ponto pano de fundo é a questão do refugiado, que será abordada de uma forma muito positiva”, assegurou Thelma Guedes. “A nossa esperança é de que tão logo não existam mais órfãos da terra”, completou Duca Rachid. “A expectativa é de que a novela cause tanto prazer em quem assiste, quanto está causando em quem está fazendo ela. Estamos tendo um processo muito feliz”, finalizou o diretor Gustavo Fernández.

Após a exibição das imagens, oito bailarinos apresentaram o dabke, dança típica árabe, que será mostrada em algumas cenas da novela. Atores como Kaysar Dadour e Leona Cavalli entraram na roda para dançar com eles. A apresentação terminou sob aplausos e o zaghrúta (gritos femininos característicos da cultura árabe entoados em momentos de extrema alegria).

A festa ainda tinha áreas dedicadas ao artesanato de alguns países, feito por seus representantes, com distribuição de pulseiras coloridas, escrita árabe e pequenos postais pintados à mão. As tatuagens temporárias de alguns personagens da trama, como Dalila (Alice Wegmann), Bruno (Rodrigo Simas) e Valéria (Bia Arantes), também foram feitas nos convidados por profissionais da produção de arte da novela.

Com estreia prevista para 2 de abril, ‘Órfãos da Terra’, é uma obra de Duca Rachid e Thelma Guedes, escrita com Dora Castellar, Aimar Labaki e Carolina Ziskind e com a colaboração de Cristina Biscaia. A novela tem direção artística de Gustavo Fernández, direção geral de André Câmara e direção de Pedro Peregrino, Alexandre Macedo e Lúcio Tavares.

Veja também:

Atriz da Globo conta que perdeu papel importante após emagrecer



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here