MSN

segunda-feira, 17 de junho de 2024

Globo inicia programação especial a 50 dias para o início dos Jogos de Paris

A emissora estreou já nesta quinta (06) uma programação especial e voltada ao Jogos Olímpicos

-

-

Fernando Melo
Fernando Melo
Colunista sobre o mundo da TV, celebridades, influencers e personalidades da mídia em geral, atuante no segmento desde 2012, com passagens por diversos sites. No Área VIP, além de colunista, é coordenador de redação.
Globo no Jogos de Paris
Globo no Jogos de Paris – Foto: Divulgação

Faltando apenas 50 dias para o início dos Jogos Olímpicos de Paris a Globo iniciou a sua programação especial voltada ao maior evento esportivo do planeta. Logo nas primeiras horas desta quinta, o ‘Bom Dia Brasil’ trouxe uma reportagem de Guilherme Roseguini mostrando que sete em cada dez atletas que disputam as Olimpíadas não conseguem voltar para uma edição futura. Os Jogos de Paris, porém, estão recheados de casos de atletas que conseguiram uma nova chance depois de encararem enormes desafios.

- Continua após o anúncio -

+ Maisa Silva é cotada para viver protagonista de próxima novela da Globo

No Brasil, dois são emblemáticos. A ginasta Jade Barbosa não conseguiu se classificar para os Jogos de Tóquio, em 2021, e integrou, inclusive, o time de comentaristas da Globo naquela cobertura. Ela vive atualmente um ótimo momento na modalidade, subindo ao pódio nas principais competições. Na vela, Isabel Swam, medalhista olímpica em Pequim-2008, vai aos Jogos novamente aos 40 anos. Ela também não esteve em Tóquio e chegou a trabalhar como dirigente esportiva. Está agora com a vaga assegurada em Paris, ao lado de Henrique Haddad, na classe 470.

Jogos de Paris na Globo

No decorrer da programação, o ‘Globo Esporte’ estreou o quadro ‘Outros Talentos’, no qual os atletas que estão em Paris defendendo o Brasil mostraram suas habilidades em áreas totalmente diferentes da modalidade deles. A personagem de estreia foi a ginasta Rebeca Andrade, um dos principais nomes da delegação do país nestes Jogos Olímpicos. A medalhista de ouro no salto em Tóquio-2021 mostra sua aptidão para cantar.

- Continua após o anúncio -

+ João Emanuel Carneiro define ‘Mania de Você’, nova novela da Globo

Outros nomes previstos para participar do quadro são do também ginasta Arthur Nory; da esgrimista Nathalie Moellhausen; de Marcus D’Almeida, do Tiro com arco; do canoísta Pepê Gonçalves; e da atleta dos saltos ornamentais Ingrid Oliveira. Na sequência, o ‘Jornal Hoje’ conta com uma participação ao vivo do correspondente Guilherme Pereira diretamente da Vila Olímpica, onde os atletas ficarão hospedados durante as disputas.

- Continua após o anúncio -

À noite, no ‘Jornal Nacional’, o repórter Marcelo Courrege mostra como ficaram os uniformes do Brasil em algumas das modalidades em que o país tem mais chance de medalha. Por fim, o ‘Jornal da Globo’ usa seu super telão para destacar o momento de algumas das principais esperanças do país, com os bons resultados que estão sendo obtidos os últimos meses. A lista passa por Ana Marcela Cunha, da Maratona Aquática; Isaquias Queiroz, da canoagem de velocidade; Rayssa Leal, do skate; Alison dos Santos, do atletismo; e a equipe de vôlei feminino.

Mais sobre a Globo e os Jogos de Paris

Na noite de sexta-feira, dia 7, o ‘Ça Va Paris’, no sportv2, traz uma edição especial, feita diretamente da sede do Comitê Olímpico Brasileiro. Os apresentadores Fabi Alvim e Marcelo Barreto conversam com a nadadora Mafê Costa; com a atleta da marcha atlética Viviane Lyra; o ex-judoca e campeão olímpico Rogério Sampaio, atualmente diretor-geral do COB; e com o presidente da entidade, Paulo Wanderley. O programa começa por volta de 23h, logo depois do jogo entre Estados Unidos e Sérvia, pela Liga das Nações de Vôlei Masculino.

No fim de semana, o quadro ‘Minha Medalha’ recorda o pódio olímpico de Adriana Behar e Shelda, nos Jogos de Sidney, na Austrália, em 2000. Primeiro, na noite de sábado, no intervalo da novela ‘Renascer’. Depois, em uma versão estendida, dentro do ‘Esporte Espetacular’, na manhã de domingo. As brasileiras perderam a final contra as donas da casa, um resultado que Shelda conta ter demorado a aceitar.

+ Mania de Você: Veja as primeiras imagens da próxima novela das nove da TV Globo

Muita coisa eu apaguei (da memória). Eu acho que foi uma defesa depois daquele resultado. Passei um ano tendo pesadelo com aquele campeonato. Foi pesado. A gente já saiu do Brasil como a favorita. Jogávamos dez vezes contra a Austrália e ganhávamos sete. Mas foi o dia delas“, relembra Shelda, em depoimento ao material. “Não sei como seria se fôssemos medalhistas de ouro. Mas valeu a pena tudo. Eu faria tudo de novo“, completa.

Os Jogos Olímpicos de Paris começam no dia 26 de julho e vão até 11 de agosto. A Globo terá uma cobertura multiplataforma para não deixar passar nada do que estiver acontecendo no evento. Serão mais de 400 profissionais envolvidos, com 16 equipes de reportagem em Paris e uma no Taiti. O sportv terá quatro canais – sendo um deles, o sportv2, com transmissões em 4K, com mais de 16 horas ao vivo por dia, totalizando mais de 1.000 horas de transmissão olímpica. A TV Globo acompanha de perto a trajetória dos atletas brasileiros, com o melhor de Paris e mais de 200 horas de transmissão.

Globoplay e SporTV nos Jogos de Paris

Ao longo de toda a competição, o Globoplay reúne, em um ambiente único, a transmissão completa dos Jogos Olímpicos. Além da cobertura realizada pela TV Globo e pelos 4 canais sportv, a plataforma exibe os mais de 40 sinais extras oficiais ao vivo dos Jogos de Paris trazendo 100% da competição ao vivo para o assinante. Ainda terá uma ampla oferta de video on demand (íntegras, compactos), além de muitas novidades para enriquecer a experiência de consumo, como mosaico, painel de estatísticas e agenda das próximas disputas na capital francesa.

+ Globo se manifesta sobre Sandra Annenberg assumir o ‘Fantástico’

- Continua após o anúncio -

Continue por dentro com a gente: Google Notícias , Telegram , Whatsapp

Fernando Melo
Fernando Melo
Colunista sobre o mundo da TV, celebridades, influencers e personalidades da mídia em geral, atuante no segmento desde 2012, com passagens por diversos sites. No Área VIP, além de colunista, é coordenador de redação.