Divulgação/ TV Globo

Ele é machista. Ela é moderna. Ele é pobre. Ela é rica. Ele é cabeça-dura. Ela também. A paixão pela arte permite que Gabriel (Malvino Salvador) e Dafne (Flávia Alessandra) se encontrem. O temperamento forte dos dois faz com que eles vivam às turras, mas também que se admirem e se amem. A vida, no entanto, desenhou caminhos bem distintos para o casal. A história de amor entre Dafne e Gabriel é o tema central de ‘Caras & Bocas’, que volta à TV a partir do dia 13. O ‘Vale a Pena Ver de Novo’ será especial na semana de 13 a 17 de janeiro. Ao final de cada capítulo da última semana de ‘O Cravo e a Rosa’, o público assistirá a episódios de 30 minutos de ‘Caras e Bocas’, com as emoções iniciais da novela.

Ambientada na cidade de São Paulo, a trama gira em torno da história de cão e gato de duas pessoas de gênios fortes e classes sociais diferentes, mas capazes de se amar profundamente. Dafne e Gabriel se conhecem num curso de pintura e se apaixonam na juventude, mas são separados pelo avô da moça, o milionário Jacques (Ary Fontoura). Temendo que o rapaz estivesse apenas interessado na herança de sua neta, Jacques convence Gabriel a aceitar uma bolsa de estudos em Londres. Resultado: Gabriel vai para o exterior sem saber que Dafne está grávida e acreditando que a namorada o trocou por outro, enquanto ela tem certeza de que foi abandonada pelo namorado, que não quis assumir a filha Bianca (Isabelle Drummond). Eles se reencontram anos mais tarde, mas as mágoas do passado dificultam a reconciliação.

Com direção de núcleo de Jorge Fernando e autoria de Walcyr Carrasco, a novela foi exibida originalmente em 2009, no horário das sete. “Todos temos nossos sonhos. Mas às vezes a vida nos leva para caminhos diferentes. Dafne teve sua filha no inicio da juventude e julga ter sido abandonada pelo pai da criança. Ela se realizou profissionalmente abrindo sua galeria de arte, entretanto, nunca mais se apaixonou. No fundo, mantém seu sonho guardado numa caixinha. Gabriel quis ser um grande pintor, porém as circunstâncias da vida o fizeram assumir o pequeno negócio do pai, ter uma vida mais comum. Seu sonho e sua sensibilidade artística também foram guardados numa caixinha. E ele não sabe que o relacionamento de juventude resultou numa criança”, conta Walcyr.

Preocupado com a vida solitária de Dafne, Jacques se empenha em aproximar a neta de Vicente (Henri Castelli), um jovem advogado de sua inteira confiança e filho de um grande amigo, Frederico (Fulvio Stefanini). Vicente é apaixonado por Dafne desde pequeno, mas é muito tímido e nunca teve coragem de se declarar. Suas atitudes, ainda que extremamente atrapalhadas, são sempre para defender Dafne e proteger a empresa.

Longe do requinte dos Jardins, Gabriel (Malvino Salvador) é dono de um bar na Lapa, mesmo bairro onde mora. Sem suspeitar de que tenha uma filha adolescente, ele trabalha duro para sustentar a família: sua mãe Socorro (Elizabeth Savala); sua irmã Anita (Danieli Haloten), que é cega; e a tia Piedade (Bete Mendes), que vive com eles. Gabriel precisou assumir o pequeno negócio da família quando ainda estudava artes em Londres. Assim que seu pai faleceu, o jovem se viu na obrigação de retornar ao Brasil. É noivo da mimada Laís (Fernanda Machado), mas nem pensa em se casar. Apesar de não assumir, Gabriel nunca se recompôs completamente do rompimento com Dafne.

O reencontro

Jacques é surpreendido por uma explosão acidental na mina de diamante que a Conti tem na África do Sul, provocada por sua ex-enteada Judith (Deborah Evelyn). Como uma das diretoras da empresa, Judith almeja a presidência da mineradora. A vilã é alertada por um funcionário a evacuar a mina pois há um vazamento de gás, mas não avisa Jacques nem Vicente que estão visitando o local com outros diretores. Na explosão, só Vicente é resgatado do local com vida e, entre os restos carbonizados, Jacques é dado como morto.

Dafne sofre muito. De volta a São Paulo, descobre a condição imposta por Jacques: só uma pessoa casada poderá exercer o cargo de presidente da Conti. Apesar de Dafne ser sua herdeira majoritária, ela só poderá assumir a empresa ao se casar. A dona da galeria não aceita se curvar a tal imposição e Judith assume a presidência da empresa interinamente. Quem não gosta nada da nova vida com algumas privações é Bianca, uma adolescente muito esperta e querida, mas um tanto materialista. Ao perceber que a mãe não se deixa conquistar por nenhum homem – nem por Vicente, que é bonito, íntegro e um bom amigo –, ela resolve procurar o único homem por quem Dafne foi apaixonada: o pai que ela não conhece.

Com a ajuda do amigo Felipe (Miguel Rômulo), Bianca parte em busca de Gabriel. A adolescente, no entanto, se decepciona ao descobrir que o pai, que ela imaginava ser um rico e bem-sucedido artista plástico, é na verdade dono de um bar na Lapa. Gabriel, que jamais soube da gravidez de Dafne, fica um tanto desnorteado ao descobrir que tem uma filha adolescente. E Dafne, que ainda guarda muita mágoa pelo suposto abandono, se vê obrigada a revelar para filha que Gabriel nunca quis saber dela.

No reencontro de Dafne e Gabriel, o amor, que por tantos anos esteve sufocado por mágoas, desencontros e armações, ainda faísca, mesmo que não assumido. Porém, faíscam também as brigas e confusões, já que, com a maturidade, o temperamento dos dois parece até mais forte do que quando se conheceram.

As buscas de Simone e o macaco pintor

Sócia de Dafne na galeria de arte, Simone (Ingrid Guimarães) tem dois grandes objetivos na vida: encontrar artistas plásticos de vanguarda, que revolucionem o conceito do que é arte, e encontrar um grande amor. Não necessariamente nessa ordem. Descolada, ela costuma frequentar salas de bate-papo na internet para encontrar sua metade da laranja, mas só o que consegue é escorregar em cascas de banana.

Já em sua busca por um novo talento, é Denis (Marcos Pasquim) quem vai cruzar seu caminho. Pintor de paisagens tradicionais, ele vende seus quadros em uma feira de praça e sabe que não há espaço para seu trabalho em uma galeria de arte. Mas, por teimosia do filho Espeto (David Lucas), Denis finalmente tem uma grande oportunidade. Porém, poucos minutos antes de Simone chegar, o pintor se surpreende ao ver todas suas obras desfiguradas, com borrões de tinta por todos os lados. Sem seu conhecimento, Espeto estava abrigando, há alguns dias, o chimpanzé Xico, que apareceu na casa deles por acaso desde que fugiu de um circo onde sofria maus tratos.

Assim que Simone chega ao ateliê, Denis tem o impulso de se desculpar pelo ocorrido, mas se surpreende quando a sócia da galeria começa a enaltecê-lo, completamente encantada pelas telas. Cansado da vida difícil que leva com o filho, o pintor decide aceitar o contrato para expor suas supostas obras, mesmo incomodado por ter que esconder que, na verdade, o autor das telas é o chimpanzé. Para piorar seu dilema, Denis se apaixona por Simone.

‘Caras e Bocas’ conta ainda no elenco com atores como Sidney Sampaio, Ana Lúcia Torre, Fábio Lago, Suzana Pires, Sophie Charlotte e Otaviano Costa. A novela volta à TV a partir do dia 13 de janeiro, em episódios especiais no “Vale a Pena Ver de Novo”, logo após ‘O Cravo e a Rosa’. A ‘Sessão da Tarde’ será exibida normalmente na próxima semana.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here