quarta-feira, 1 de dezembro de 2021

Últimas

Série ‘Eu, a Vó e a Boi’ chega à TV Globo

-

Redaçãohttps://www.areavip.com.br
Venha fazer parte da nossa equipe de redação! Saiba mais!

Comente

Veja também

- Continua após o Banner -

Eu, a Vó e a Boi - Turandot e Yolanda (Globo/Estevam Avellar)
Eu, a Vó e a Boi – Turandot e Yolanda (Globo/Estevam Avellar)

- Continua após o anúncio -

Uma história que saiu das redes sociais para a TV. Apesar de nada convencional, ‘Eu, a Vó e a Boi‘ tem a vida real como pano de fundo. A série exibida originalmente no Globoplay irá ao ar na TV Globo pela primeira vez a partir do próximo dia 22, após ‘Conversa com Bial’.

Globo exibe programação especial no fim de semana do Dia Nacional da Consciência Negra

Em 2017, Eduardo Hanzo decidiu compartilhar com seus seguidores no Twitter a bélica – e muitas vezes cômica – relação de inimizade entre sua avó e a vizinha dela. A história viralizou e chamou a atenção da autora Gloria Perez, que, assim como um grande número de internautas, acreditou que a postagem divertida na rede social renderia um roteiro de televisão.

- Continua após o anúncio -

Nas mãos de Miguel Falabella, a narrativa deu origem a uma série de humor ácido, com personagens muito inusitados e, ao mesmo tempo, absolutamente comuns. “Eu e a Gloria conversamos bastante e ela foi muito importante no meu processo de escrita. Tive dela uma mão segura, carinhosa e afetuosa que foi fundamental. Essa história chegou para mim no momento em que o país estava mais polarizado e com o ódio muito cultivado. Então eu liguei as duas coisas e fiz uma série que tem muito ódio e o rancor. Para essa narrativa, parti de uma notícia que li na época de que 75% dos jovens não têm qualquer esperança no país. Da história principal do Eduardo, transformei a vizinha em avó. As duas senhoras do conflito são as avós materna e paterna do narrador”, conta o autor.

A trama traz uma história de inimizade de mais de 60 anos. Uma guerra declarada entre duas vizinhas capazes de tudo para prejudicar a vida uma da outra. De um lado, Turandot (Arlete Salles); do outro, Yolanda (Vera Holtz), a “Boi” – apelido dado pela primeira, ao concluir que “vaca” está fora de moda. Ninguém sabe quando tudo começou, mas já aposentadas, viúvas e, portanto, dispondo de tempo livre o suficiente nas mãos, nenhuma delas tem a menor intenção de propor um tratado de paz. Em meio a esse embate, o neto em comum, Roblou (Daniel Rangel), tenta sobreviver ao ambiente hostil onde foi criado e se agarra à única oportunidade que encontra em seu caminho: Demimur (Valentina Bulc), menina cheia de sonhos com quem descobre as alegrias e as dores do amor. É pelo seu ponto de vista, um tanto fragilizado, que o público acompanha as constantes desavenças entre as duas senhoras.

- Continua após o anúncio -

A narrativa se passa na Tudor Afogado, uma rua cinza e monocromática, inspirada no subúrbio do Rio de Janeiro. Separadas por uma vala que praticamente materializa a aura de ódio e rancor entre as vizinhas, vivem frente a frente as famílias das duas. Por ali, ninguém escapa ileso dos boicotes diários praticados pelas matriarcas. Quando Norma (Danielle Winits) e Montgomery (Marco Luque), filhos das rivais, se apaixonam perdidamente, tudo parece sentenciado ao caos eterno. Ao longo dos episódios, os personagens surgem em cena com reações e atitudes que beiram o absurdo.

“Os personagens são todos alucinados, as relações são alucinadas. São fatias de emoção. Eles reagem aos estímulos das situações propostas. É como se fosse a toca do coelho da Alice, em que a gente mergulha e vai viver esse universo paralelo. Para passar essa sensação para o público eu queria sugerir flertar com a linguagem do gamer. Temos um protagonista que quebra a quarta parede e fala com o público. Às vezes ele narra com distanciamento, às vezes narra contando um flashback, às vezes narra no momento presente, afetado pelo que está acontecendo, com um pequeno olhar para o público. Eu comecei a enxergar o público como uma figura participante e invisível do nosso universo. É como se eu desse um joystick e ele criasse um avatar invisível dele para acompanhar a história“, explica o diretor artístico Paulo Silvestrini.

Resumos de Um Lugar ao Sol – Semana de 22/11 a 27/11

O elenco da série também conta com Giovana Zotti, Magno Bandarz, Matheus Braga, Paula Cohen, Alessandra Maestrini, Otávio Augusto, Stella Miranda, Edgar Bustamante, entre outros.

Eu, a Vó e a Boi’ é uma série criada e escrita por Miguel Falabella, com Flávio Marinho e Ana Quintana, a partir de uma ideia original de Eduardo Hanzo. A obra tem direção artística de Paulo Silvestrini e direção de Mariana Richard. Exibida originalmente no Globoplay, a série vai ao ar na TV Globo dos dias 22 a 26 de novembro, após ‘Conversa com Bial’.

- Continua após o anúncio -

+ Novidade: Área VIP no Telegram – Clique Aqui e fique por dentro!

E tem muito mais para você: Baixe o app Área VIP – TV e Famosos ou siga o Área VIP no Google Notícias e receba as informações mais quentes do entretenimento com tudo o que acontece no mundo da TV e dos FamososClique Aqui!

Redaçãohttps://www.areavip.com.br
Venha fazer parte da nossa equipe de redação! Saiba mais!

Últimas TV & Famosos