Cristiana Oliveira e Danilo Gentili (Gabriel Cardoso/SBT)
Cristiana Oliveira e Danilo Gentili (Gabriel Cardoso/SBT)

Na madrugada desta terça-feira, 03 de abril, Danilo Gentili recebe Cristiana Oliveira no The Noite.

A atriz fala na entrevista sobre sua carreira, sua peça “Feliz Por Nada” e relembra momentos marcantes de sua trajetória. “A Juma me eternizou. Ou eu vou me sentir mal por causa disso e achar que só consideraram essa personagem importante, ou eu sou grata”, diz ela sobre a personagem da novela Pantanal. “Meu irmão falava que sabia que eu seria atriz, porque eu mentia muito e mentia bem (quando criança)”, declara a convidada, que também fala sobre as palestras motivacionais que dá por todo o país: “A minha praia é a autoestima mesmo. Que é a auto aceitação”.

Confira outras frases de Cristiana:

– Fugi com 16 anos. Eu era muito livre, muito independente. (…) Meus pais ficaram um mês sem saber de mim. Eu precisei ser mãe pra entender o que eu fiz com meus pais

– Queria ser jornalista e consegui me formar. Antes surgiu uma viagem para a Europa como modelo.

– Queria fazer a Juma, me apaixonei pela Juma. Eles queriam Cláudia Ohana, Glória Pires, mas elas estavam na Globo. O Jayme (Monjardim) falou: “você já se olhou no espelho? Seu olhar é doce (para interpretar Juma)”. Eu falei “Jayme, você não me conhece”.

– Eu sabia que a Juma era minha. Tinha que ser minha. Fiz daquele jeito que era muito intuitivo.

– Tudo que eu tenho hoje eu devo à Juma. Tenho um quadro (em casa). Da Juma com espingarda, com a onça.

– As pessoas falam “Cristiana Oliveira tá sempre com cara de quem acabou de acordar”. Eu tenho um problema de alergia, que incha o olho.

Ainda hoje, o apresentador conversa com o doutor em Direito Penal, Promotor de Justiça e professor da USP Roberto Livianu. Ele fala sobre seu livro “Corrupção e direito penal: um diagnóstico da corrupção no Brasil” e dá sua opinião a respeito do cenário político atual. “O Brasil, lamentavelmente, tem um histórico de corrupção que passa pelos séculos. É cultural. Acabar não acaba, mas diminuir sim, desde que haja planejamento e se trabalhe para diminuir as oportunidades”, diz ele, que continua “Quem faz as leis, faz para se proteger. Temos uma crise de representação política”. Sobre a Operação Lava Jato, ele afirma: “é um ponto fora da curva. Vem sendo premiada internacionalmente como case de sucesso no combate à corrupção”.

O The Noite com Danilo Gentili vai ao ar de segunda a sexta-feira no SBT.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here