quinta-feira, 28 de outubro de 2021

Últimas

Eliminada do BBB21, Viih Tube conta qual foi sua estratégia para ir longe no game

-

Wandreza Fernandes
Editora chefe do Área VIP e redatora web há 15 anos. Especialista em Famosos, TV, Reality shows e especialmente em Novelas.

Comente

Veja também

- Continua após o Banner -

Viih Tube (Globo/João Cotta)
Viih Tube (Globo/João Cotta)

- Continua após o anúncio -

“Fuja do paredão” – o conselho de Tiago Leifert nunca foi tão seguido por um participante do BBB quanto por Viih Tube. A integrante do Camarote recebeu apenas cinco votos ao longo dos 90 dias em que permaneceu no jogo, driblando todos os riscos de cair na berlinda. E foi eliminada com 96,69% dos votos em seu primeiro paredão, ao disputar a preferência do público com Gilberto e Fiuk. A ex-sister manteve uma relação harmoniosa com boa parte dos confinados, mas encontrou em Thaís uma amizade sincera, que se tornou sua prioridade na casa. “Eu acho que, na verdade, juntei o útil ao agradável. Eu realmente me dava bem com todo mundo, gostava de cada um de verdade, nunca menti para ninguém. O que eu dizia que sentia, estava sentindo mesmo. Mas o fato de me dar bem com todo mundo foi bom para mim no jogo porque me livrou do paredão”, avalia.

Equipe de Viih Tube faz homenagem à atriz após a saída dela do BBB21

Durante a temporada, Viih também venceu disputas importantes, que a levaram a tomar decisões cruciais na competição e se mostrou vulnerável nos momentos difíceis lá dentro. Na entrevista abaixo, a atriz e youtuber conta qual foi sua estratégia para ir longe no game e destaca os maiores aprendizados dessa experiência.

- Continua após o anúncio -

Como você avalia a sua participação no BBB 21?
Eu avalio como um susto! Eu não imaginava como seria a minha trajetória quando eu entrei, mas eu consegui passar por muita coisa sem sofrer. A principal experiência foi viver mesmo. Eu superei muitos medos meus, então acredito que eu fui muito corajosa, porque geralmente eu sou muito medrosa (risos). Foi bem diferente do que eu pensava, mas deu tudo certo.

Qual era a sua estratégia para chegar o mais longe possível na disputa por R$ 1,5 milhão?
A minha estratégia era o que o próprio Tiago sempre lembrava a gente: fuja do paredão. Para chegar mais longe, tem que escapar do paredão. E tem várias formas de fugir do paredão, eu segui uma delas.

- Continua após o anúncio -

Acha que ser uma pessoa pública há tantos anos, por meio do seu trabalho com redes sociais, te deu algum tipo de vantagem no BBB?
Acredito que os meus fãs devam ter torcido muito por mim. Quando eu saí, conversei com alguns deles e vi que eles me ajudaram, sim. Mas o fato de ser famosa, lá dentro, não mudava absolutamente nada, era tudo de igual para igual. Tanto que eu fui ao paredão e fui eliminada.

Muitas pessoas comentaram sobre seus banhos durante o confinamento e brincaram com isso aqui fora. Você imaginava que isso poderia chamar a atenção do público?
Eu imaginei. Tem até takes em que eu falo isso! Era “uó” tomar banho lá dentro com as pessoas te olhando 24 horas por dia. Mas, confesso, eu pelo menos fazia a higiene diariamente no reservado, com o chuveirinho e sabonete íntimo. Não que isso tenha mudado muita coisa, porque não dava para lavar o cabelo assim. Eu odiava tomar banho na frente das câmeras (risos).

Logo na primeira semana de programa, você e Juliette ficaram bem próximas mas, em seguida, começaram alguns conflitos de ideias e posicionamentos. Como você avalia essa amizade?
Agora, no final, a gente estava muito tranquila. Eu entendo o fato de a gente ter tido mal-entendidos porque a forma que a gente lidava com a amizade era diferente. Não tem certo ou errado, só era diferente. E as nossas brigas eram por isso. Chegou um momento que essa história ficou muito tóxica para as duas, eu sabia que não estava mais fazendo bem para ela a gente ficar perto uma da outra, então eu decidi me afastar um pouco. Mas, pelo menos, tudo que eu sentia eu falei para a Juliette. Algumas vezes magoou, mas eu preferi falar do que esconder e não ser leal ao que eu estava sentindo. Eu sei que fui julgada por isso, mas se eu não falasse nada, aí sim, eu teria sido muito falsa.

BBB21: Juliette chora e lamenta derrotas nas provas faltando pouco dias para acabar o reality

Você e Thaís viraram uma dupla oficial na casa. No game, você considera ter jogado em dupla com ela ou seu jogo era individual?
O meu jogo era individual mesmo, a Thaís não tinha nada a ver com ele, tadinha (risos). A gente era uma dupla para todo o resto, para conversar, para se divertir. Foi uma amizade muito sincera, um refúgio para mim, lá dentro. Com ela eu sentia que saía daquele mundo. Era muito bom poder contar com uma amiga e foi muito bom tudo que a gente viveu, me fez muito bem.

Que outros participantes você considera reais amigos feitos no BBB e que pretende manter fora da casa?
O Gil é um deles, mesmo com tudo que vivemos no jogo, que eu acho que faz parte. Camilla e João, também, com certeza. Para mim, os principais são eles quatro: Gil, Camilla, João e Thaís.

Por que a volta de Carla Diaz no paredão falso mexeu tanto com você? Foi um momento que te desestabilizou no jogo?
Porque eu estava louca, falei um monte de coisas que não deveria. Quando ela saiu, a gente ouviu o discurso do Tiago e eu fiquei teorizando; a gente teorizava sobre tudo. Interpretei de um jeito e falei, e tudo que eu falei dela, na verdade, era eu que estava sendo, de alguma forma. Não sei se desestabilizar é a palavra, acho que eu fiquei mais mal do que desestabilizada por ter falado sobre alguém que não faria o mesmo comigo. Mas passou, e que bom que eu consegui conversar com ela ainda na casa. Essa conversa também foi um dos momentos mais sinceros que eu vivi lá dentro.

Você ganhou duas provas do líder e uma prova do anjo. Como essas vitórias impactaram na sua trajetória?
Eu adorei ter ganhado as provas, me esforcei muito para isso, principalmente na prova do líder em que eu tinha que fazer o percurso no tempo exato de dentro do carrinho, e quase acertei exatamente os 12 segundos. Mas, para mim, não foi a parte principal da minha trajetória no ‘Big Brother Brasil’. O BBB não foi só isso, foi muitas outras coisas também.

Quais foram seus melhores momentos e os mais difíceis no confinamento?
Dentre os melhores momentos, teve o que eu realmente fiquei amiga da Thaís. Eu não sei exatamente quando foi, mas a gente sempre se deu muito bem. A minha festa do líder também foi muito especial para mim. E a prova do carrinho foi uma loucura, eu nunca imaginei que eu fosse conseguir passar tão perto do número exato de segundos que eu precisava acertar, e adorei, óbvio! Já entre os mais difíceis estão a saída da Thaís e a primeira semana da Juliette, quando ela recebeu a imunidade do Big Fone e eu sabia que era jogo de uma galera, e contei para ela. Ela não estava acreditando, achava que era uma atitude feita de coração. Eu ainda acho que não foi, apesar de não ter visto nada sobre isso ainda aqui fora. A volta da Carla também foi bastante difícil para mim.

Em algum momento você se sentiu em desvantagem por ser a participante mais jovem da temporada?
Não, em momento nenhum. Acho que a idade não tem nada a ver. Eu tenho 20 anos, e isso não diz nada.

BBB21: Equipe de Pocah pede a eliminação de Arthur e gera polêmica na web

Nessa edição vocês falavam muito sobre os sonhos que tinham durante o confinamento, você inclusive chegou a sonhar com diversos participantes. Eram sonhos reais? Como eles impactavam na sua maneira de jogar?
O pior é que eram reais (risos)! Eu sonhava mesmo as coisas que eu falava, e contava para todo mundo. Tive sonhos com o Gil e contei para ele. Também sonhava muito com a Thaís, sonhei com ela no paredão em que ela estava e ela ficou achando que ia sair. E acabou saindo mesmo. Lá dentro a gente não tem nada a que se apegar, não tem notícias, não tem redes sociais, não tem memes, só as nossas lembranças. Brincaram com o lance da minha árvore genealógica, mas na verdade tudo que eu tinha de lembranças era da minha família, tudo que eu olhava me fazia lembrar deles, qualquer gesto, qualquer fala.

Muitas pessoas, fora da casa, acreditavam que você se aproximava dos participantes por conveniência. Você concorda com isso?
Eu acho que, na verdade, juntei o útil ao agradável. Eu realmente me dava bem com todo mundo, gostava de cada um de verdade, nunca menti para ninguém. O que eu dizia que sentia, estava sentindo mesmo. Mas o fato de me dar bem com todo mundo foi bom para mim no jogo porque me livrou do paredão. E talvez tenha sido um pouco de conveniência mesmo, não sei dizer, tenho que pensar um pouco mais para entender o que eu fiz. Estava ali, estava jogando. Nunca menti para ninguém, mas omiti fatos.

Ao longo da temporada, você recebeu apenas 5 votos, sendo os três últimos os que te levaram ao paredão. O que justifica esse fato, na sua visão?
Eu acho que foi a estratégia que eu levei ao longo do programa de conseguir manter a boa vizinhança (risos).

Se pudesse mudar sua jornada no programa, teria feito algo diferente?
Acho que sim, algumas coisas. Não tem como você passar pelo BBB e não se arrepender de nada, na minha opinião. Nem que seja uma coisa pequena, muito besta. É o mundo real, você está ali, vivendo, errando e acertando. Não tem como ter certeza de tudo. Talvez eu tivesse mudado um pouco a minha forma de jogar, já que foi ela o que me tirou.

Que aprendizados o BBB 21 te trouxe?
Aprendi a pensar e dizer as coisas sem ter medo do que eu poderia encontrar aqui fora, de como as pessoas poderiam julgar. Com o BBB eu superei os meus maiores medos da internet. Mesmo saindo e com algumas pessoas tendo se surpreendido com o meu jogo, eu estou muito bem comigo mesma porque nada do que as pessoas falam me surpreende mais, eu já estou calejada para isso, então estou bem em paz mesmo.

Foi seu primeiro paredão. O que acha que te eliminou?
Jogar demais, o fato de as pessoas terem visto que eu estava onde convinha, o fato de ter sido amiga de todo mundo… Eu acho que deixei o público confuso, sem saber o que eu estava fazendo. Faltou, talvez, explicar melhor para o público a minha maneira de jogar.

Quem chega à final do BBB?
A final que eu imagino na minha cabeça teria Juliette, Camilla e Gil. Lembrando que eu ainda não assisti nada aqui fora. E como a Thaís já saiu, então a minha torcida é pela Juliette no primeiro lugar (risos)!

Quais são seus planos pós-BBB?
Eu quero voltar à vida normal, ao meu trabalho na internet, voltar para as pessoas que eu sei que me acompanharam e torceram muito por mim – e sei disso pelo que minha mãe e meu namorado já me contaram. Mas, fora isso, não sei nem o que quero fazer da minha vida agora, tem tanta coisa que eu gostaria… Vou voltar para o meu edredom e assistir muito BBB (risos).

Enquete: Quem deve ganhar o BBB21? – Vote!

- Continua após o anúncio -

+ Novidade: Área VIP no Telegram – Clique Aqui e fique por dentro!

E tem muito mais para você: Baixe o app Área VIP – TV e Famosos ou siga o Área VIP no Google Notícias e receba as informações mais quentes do entretenimento com tudo o que acontece no mundo da TV e dos FamososClique Aqui!

Wandreza Fernandes
Editora chefe do Área VIP e redatora web há 15 anos. Especialista em Famosos, TV, Reality shows e especialmente em Novelas.

Últimas TV & Famosos