Goo Hara – Reprodução: Instagram

Uma notícia muito triste abalou os fãs de k-pop. A estrela Goo Hara foi encontrada morta em sua residência, localizada em Seul, na Coreia do Sul, neste último final de semana. Ela tinha apenas 28 anos de idade.

A causa da morte ainda não foi confirmada, mas ela já havia sido internada em maio desse ano, após uma tentativa de suicídio.

Na época da internação, ele estava enfrentando uma disputa judicial com um ex-namorado. Goo Hara foi acusada de agredir o ex-companheiro, que por sua vez era acusado de chantageá-la e de ameaçar vazar um vídeo íntimo dos dois.

 + Sucesso do K-pop: Tudo sobre a vinda da Minzy ao Brasil

A artista fez parte do grupo Kara entre 2008 e 2015. Depois, ela lançou sua carreira solo.

Novas informações sobre a morte de Goo foram divulgadas nesta segunda, segundo informações do jornal Extra.

De acordo com os investigadores do caso, foi encontrado pela governanta da casa, com quem mantinha uma boa relação, um bilhete escrito a mão pela artista. O conteúdo não será revelado e a polícia ainda revelou que não encontrou indícios de crime.

“Com base na análise das imagens do circuito interno de televisão, confirmamos que ela voltou para casa em 24 de novembro, aproximadamente às 12h35, pelo que se presume que ela faleceu após esse período. Foi confirmado que ninguém mais havia visitado a casa de Goo Hara depois desse horário e antes que sua governanta a encontrasse às 18h (6h no horário de Brasília)”, afirmou o comissário da Polícia Metropolitana de Seul, Lee Yong Pyo.

Eles também afirmaram que não há necessidade de fazer autópsia em Goo Hara.

A agência da cantora preparou um local bem especial para os fãs poderem se despedir, enquanto os amigos e parentes ficarão em um espaço separado.

+ Fãs brasileiras de K-pop viram vítimas de tráfico sexual na Coreia do Sul



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here