Ana Furtado reprodução Instagram
Ana Furtado reprodução Instagram

Ana Furtado passou por um momento difícil ao descobrir que estava com câncer de mama em março de 2018. Após a turbulência ela venceu a batalha.

A apresentadora do “É de Casa”, na manhã desta quarta feira(02), usou as redes sociais para falar sobre o assunto, já que estamos no conhecido mês conscientização sobre o câncer de mama, o “Outubro Rosa”. Em sua publicação, a apresentadora desabafou sobre o seu drama.

+Ana Furtado faz homenagem ao amigo André Marques no dia do seu aniversário

Em março de 2018 eu recebi o diagnóstico de câncer de mama, e foi um baque que mudou a minha vida por completo, que revolucionou o meu olhar sobre ela. E mesmo tendo plena consciência do meu privilegiado acesso a tratamentos dignos e de qualidade, eu tive, como qualquer paciente oncológica, medos, fraquezas, dúvidas, questionamentos, dores, cansaços, choro”, disse.

A mulher de Boninho ainda confessou que se redescobriu após o câncer. “No final, aprendi mais com a doença do que sofri. Me redescobri, evoluí como pessoa, e com muita fé consegui encontrar uma força em mim que eu não sabia que existia. Pude me dar conta da mais profunda importância do amor, do apoio e do afeto, da generosidade”, e continuou: “Eu sou grata a cada palavra de carinho, cada oração, cada abraço e demonstração de amor que me fortaleceram ao longo do tratamento rumo a minha cura. Eu sou grata a vocês, e sou grata à fé que nos move, e que move as mais difíceis barreiras”.

Ela ainda pediu,”histórias com a hashtag Minha Vitória Rosa. “[…] Para que a gente possa inspirar e encorajar mais mulheres, essas que estão hoje nesse mesmo caminho da cura”, concluiu.

+Após exames, Ana Furtado comemora: “A vitória é minha”

Receber o diagnóstico de que está doente, e mais que isso que tem câncer, não é fácil para ninguém, mas quando o chão parece fugir, há sempre alguém em que se apoiar, assim fez a apresentadora Ana Furtado que contou que após descobrir que estava com câncer, em 2018, ela assistiu um vídeo da Monja e revelou que as suas palavras foram essenciais para que ela mudasse sua relação com a doença.

Fiz pequenas altercações. Harmonização. Transformação. Otimismo. Palavras que guardo para a vida. Porque não existe paz onde há guerra. É preciso transformar“, continue lendo a declaração!

Assista ao vídeo:

View this post on Instagram

Ouvir e ler histórias de superação e cura sempre me fortaleceu ao longo do tratamento. Cada palavra de carinho e de otimismo era como um abraço apertado. Daqueles que encorajam, revigoram nossa fé e esperança. Quando a gente compartilha amor, afeto e generosidade, tudo isso se multiplica. Por mil. Sou grata a vocês por tanto e pela fé que nos move. Hoje, no meu primeiro Outubro Rosa curada do câncer de mama, quero celebrar com vocês a VIDA. Ao longo dos últimos meses, compartilhei com vocês por aqui a #MinhaVitóriaRosa. Agora, quero ouvir as histórias de cura de vocês. Quero que possamos juntas inspirar e encorajar mais mulheres que estão hoje no caminho da vitória. No caminho da cura! Compartilhe aqui nos comentários a sua história, ou poste no seu perfil. Pode ser um vídeo, uma foto, como preferir, usando a hashtag #MinhaVitóriaRosa e me marcando. Vamos juntas? 👊💗 #OutubroRosa

A post shared by Ana Furtado (@aanafurtado) on



17 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here