Anitta /Reprodução Instagram

A cantora Anitta não teve papas na língua ao falar de sua vida de solteira em entrevista ao jornalista e apresentador do ‘Fofalizando’, no SBT, Leo Dias. A ‘poderosa’ comentou sobre sua vida amorosa e afirmou ‘topar tudo’.

Após caso com Anitta e Pedro Scooby, bailarina vê suas redes sociais explodirem

O jornalista quis saber o motivo da cantora ser mais ‘aberta’ nas entrevistas que dá mundo afora, e quando chega no Brasil, Anitta é mais contida: “É assim porque eu sei que as pessoas vão fazer um grande sensacionalismo que não tem nada a ver com o que eu quero passar, entendeu?”, disparou.

Em seguida, ela falou sobre sua sexualidade, para ela: não importa se é gay, lésbica e até travesti, ela ‘pega tudo’: “Tá tudo certo. Não tem essa de sazonal, não. Eu sou topa tudo mesmo. Só não vou com gente comprometida, é a minha única regra. [Pego] homem, mulher, cachorro, travesti… Cachorro, não! Estou brincando. Tudo o que aparecer aí, já foi tudo”.

Mayra Cardi entrega segredo da dieta de Anitta

“Eu não tenho preconceito. Nenhum”, disse Anitta, que falou sobre se relacionar com gays: “Qual é o problema? Tem problema nenhum. Se tá a fim de ficar comigo, o que é que tem ser gay?”, disse a ‘poderosa’.

Também na entrevista, Anitta falou sobre sua nova empreitada como empresária. Ela foi contratada para trabalhar o departamento de marketing de uma empresa de bebidas alcoólicas:

+ Anitta se torna a nova executiva de inovação de famosa marca de cerveja

“A Skol Beats é uma bebida que eu sempre amei e sempre fiz todo o mundo experimentar. De acordo com estudos, a Skol viu que isso fez uma grande diferença para a marca e resolveu me contratar como head de marketing das estratégias do produto. Firmamos essa parceria, e vou ter participação nos lucros da marca e tudo”, disse ela.

Veja também:

Anitta quebra o silêncio sobre relacionamento com bailarina



53 COMENTÁRIOS

  1. Meu Deus!!!E pensar que crianças tem ascesso a esse tipo de reportagem.Eu acho q todos nós fazemos o q quisermos de nossas vidas,mas a propaganda é desnecessária. Nós do lado de cá tb merecemos respeito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here