MSN

quarta-feira, 22 de maio de 2024

Aos 60 anos morre ícone do futebol argentino, Diego Maradona

O jogador da história do futebol argentino, Diego Armando Maradona morreu nesta quarta-feira (25), aos 60 anos de idade.

-

-

Lívia Cout
Lívia Cout
Venha fazer parte da nossa equipe de colaboradores! Saiba mais!
Aos 60 anos morre ícone do futebol, Diego Maradona - Foto/Instagram
Aos 60 anos morre ícone do futebol, Diego Maradona – Foto/Instagram

De acordo com as informações do G1, o jogador da história do futebol argentino, Diego Armando Maradona morreu nesta quarta-feira (25), aos 60 anos de idade. Segundo o jornal argentino “Clarín”, Maradona sofreu uma parada cardiorrespiratória em sua casa, na cidade de Tigre.

- Continua após o anúncio -

+Milton Neves lamenta morte de Fernando Vanucci e faz homenagem

Saiba mais sobre a morte do ícone do futebol argentino

Desse modo, um dos grandes nomes da história do esporte e maior ídolo do futebol argentino, o astro sofreu o mal súbito no fim da manhã, quando ambulâncias foram chamadas à sua casa. Aliás, vale lembrar que Diego se recuperava de uma cirurgia no cérebro. Contudo, o ex-jogador, porém, não resistiu. Por fim, infelizmente ele teve sua morte confirmada pela imprensa argentina e pela TV pública do país no começo da tarde dessa quinta-feira (25).

+Morre compositor da escola de samba Salgueiro Renato Máspero

- Continua após o anúncio -

Saúde

Em suma, Maradona já havia preocupado os fãs no começo do mês, quando foi internado às pressas. Na época ele estava com sintomas de anemia. Além disso, foi descoberto uma pequena hemorragia em seu cérebro. Por isso, o ex-jogador precisou passar por uma cirurgia para drená-la. Por fim, logo após mais de uma semana de internação, ele recebeu alta no dia 12 de novembro. Posteriormente ele teria ficado em casa no período para se recuperar. Contudo, sofreu uma parada respiratória.

Por fim, o médico Leopoldo Luque afirmou na ocasião que a cirurgia era considerada simples, mas havia preocupação pela condição de saúde do ex-jogador.

- Continua após o anúncio -

Carreira

Enfim, campeão mundial na Copa de 1986, quando ficou eternizado pelos gols que marcou contra a seleção da Inglaterra, Maradona era reverenciado e tratado como deus na Argentina. Aliás, seu gol de mão contra a Inglaterra ficou mundialmente conhecido pela “mão de Deus“.

Apontado como um dos maiores jogadores da história do futebol mundial, ao lado de Pelé, o craque argentino começou a sua carreira no Argentinos Juniors, clube onde foi revelado e atuou entre 1976 e 1981. Logo depois, jogou um ano no Boca Juniors e se transferiu para o Barcelona, onde atuou entre 1982 e 1984. De lá, foi para o Napoli, na Itália, onde ganhou uma Copa da Uefa, dois Campeonatos Italianos, uma Copa e uma Supercopa da Itália.

- Continua após o anúncio -

Continue por dentro com a gente: Google Notícias , Telegram , Whatsapp

Lívia Cout
Lívia Cout
Venha fazer parte da nossa equipe de colaboradores! Saiba mais!