Milene Pavorô e Ratinho / Foto: Reprodução

Milene Pavorô, a assistente de palco de Ratinho, precisou ir à policia algumas vezes prestar depoimento, após ser chutada pelo apresentador durante uma “brincadeira” no programa comandado por ele no SBT.

A cena do chute foi transmitida ao vivo no ‘Programa do Ratinho’, e em entrevista ao canal do Youtube “Lisa Leve e Solta”, Milene afirmou que precisou depor após as imagens do vídeo, gravado em 2016, viralizarem na internet.

Xuxa vira alvo de deboche em programa de rádio após realizar denúncia sobre abuso sexual

Para quem não se lembra, na gravação, a assistente de palco aparece se escondendo dentro de uma caixa de papelão, e em seguida é chutada com frequência pelo apresentador do programa, Ratinho.

Depois da repercussão do ocorrido, um inquérito policial foi aberto para investigar exatamente o que houve, e confirmar se houve ou não agressão. Na web, vários internautas criticaram a atitude do apresentador do SBT e pediram para que Milene acionasse a Lei Maria da Penha.

A assistente, então, afirmou no bate-papo que Ratinho não a chutou de propósito, e garantiu que ele não sabia que ela estava dentro da caixa de papelão. Além disso, ela ressaltou que tudo não passou de “uma grande brincadeira”.

Ministério Público interfere no caso de agressão de Douglas Sampaio sobre Rayanne Morais

Que fez um B.O na delegacia foi Andressa Gonçalves a ex-mulher do ex-vocalista da banda Calcinha Preta, Malus Viana. Mas redes sociais ela contou aos seus seguidores que foi agredida por ele, e revelou que fez a ocorrência após ele ter dado um tapa no seu rosto e ter tentado enforcá-la.

“Galera é o seguinte porque que vocês acham que eu estou com a carinha assim e essa blusa da Policia Civil? Acabei de fazer um B.O contra Marlus, porque ele me deu um tapa na cara, tentou me enforcar e cuspiu na minha cara…”. Veja a declaração completa!



3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here