Bianca Rinaldi – Reprodução: Instagram

Algumas atrizes parecem vinho: quanto mais ‘velhas’, melhor. A atriz Bianca Rinaldi, que está no auge de seus 45 anos, abriu o coração para falar sobre maturidade em entrevista ao portal Gshow.

+ Bianca Rinaldi abre o jogo sobre intimidade e revela: “Encontrei meu caminho”

Bianca Rinaldi conta que quanto mais vai ficando experiente, mais leva a vida com tranquilidade: “Me sinto bem. Acho que tudo tem muito a ver, também, com nosso estado de espírito. A maturidade traz uma certa tranquilidade emocional, e vejo isso com muito bons olhos, justamente porque com o passar do tempo as nossas ideias vão criando asas, nossos sentimentos amadurecem e têm direcionamentos mais sólidos, nossos sonhos vão crescendo. A beleza é subjetiva, então acredito que muito mais do que a estética, a maneira como estamos conectados com nossas verdades internas é que fará toda diferença quando pararmos diante do espelho.”

+ Bianca Rinaldi fala sobre preconceito que sofreu 

Ela conta que toma as decisões da vida de uma forma diferente de tempos atrás: “Meu olhar para as questões da vida é muito baseado na fé, na força de vontade. E se pararmos para pensar, tudo tem seu processo de transformação. As experiências que vivemos sempre nos ensinam sobre os ciclos, então direciono meu pensamento, até mesmo nas situações que podem ser mais difíceis, para o que deve ser feito e o que não deve, buscando sempre ter a sabedoria suficiente para cada passo do caminho, seja na área artística ou pessoal”.

E o futuro? Bianca responde o que quer: “Quero ‘seguir trabalhando, me entregar para minhas personagens, sentindo o que há nelas e, claro, exteriorizando isso para o mundo. Quando temos amor por um ofício, a vida ganha mais sentido. Encontrei meu caminho e só quero aprimorá-lo”.

+ Bianca Rinaldi fala sobre as maiores realizações de sua vida: “Meu casamento e minhas filhas”

Por fim, Bianca Rinaldi falou o que faz enquanto os convites não chegam: “Entre um projeto e outro costumo me dedicar ainda mais à academia, ioga e golfe. Até mesmo a meditação transcendental, porque sou apaixonada por esse contato com o interno. É bem transformador e aproveito esses momentos de maior descanso para cultivar coisas que sinto falta no dia a dia tão corrido, como a importância dos momentos em família. São minha prioridade!”.



2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here