Bruna Marquezine / Instagram
Bruna Marquezine / Instagram

Bruna Marquezine resolveu usar seu Stories no Instagram para protestar contra Jair Bolsonaro, candidato à presidência da República. Ela usou uma imagem com a hashtag #EleNão e fez questão de citar alguns motivos para aderir ao movimento.

Primeiro ela lembrou que o político considera que ter uma filha mulher é ‘menor’ que ter um filho homem. Ela também lembrou que Bolsonaro já declarou preferir ter um filho morto a ter um filho homossexual.

Lutando contra o câncer, Felipeh Campos alfineta Sasha e Xuxa responde

Críticas a Bruna

Nas redes sociais, muitos apoiadores de Jair Bolsonaro começaram a criticar a atriz global por causa deste seu posicionamento. Ela já foi xingada de ‘vagabunda’, ‘burra’ e outros nomes que não serão citados aqui em respeito aos nossos leitores e a própria atriz.

Os ataques também estão sendo direcionados a Neymar, que não se posicionou como Bruna, mas como é o namorado dela, vem sendo chamado de ‘farsante’ e alguns até chegam a lembrar da atuação do jogador na Copa do Mundo, realizada recentemente na Rússia.

Bruna Marquezine sempre procurou ser bem discreta no que diz respeito a política, se mantendo longe dos debates e polêmicas, mas ao aderir a hashtag #EleNão, a atriz acabou se envolvendo em uma grande discussão que vem tomando conta das redes sociais.

Ao atacar Jair Bolsonaro em seu Stories, a atriz acabou sendo atacada, mas nem todas as mensagens dirigidas a ela foram de críticas, muitos aprovaram a coragem de Bruna em se posicionar.

Veja algumas das postagens de apoio que ela já recebeu:

Veja também:

Bruna Marquezine revela que está sofrendo por causa de atitude da irmã





5 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here