Caio Castro/Instagram
Caio Castro/Instagram

O ator Caio Castro foi condenado após agredir o fotógrafo André Ligeiro, durante a festa de Réveillon, em Trancoso, na Bahia, no ano de 2016. Ele terá que pagar 7 mil reais de indenização.

A decisão foi publicada nesta quinta-feira (24), pelo Diário Oficial do Estado de São Paulo. Ao UOL, por meio dos seus advogados, o fotógrafo se manifestou, dizendo que vai recorrer ao valor da sentença.

“A condenação de Caio Castro, diante dos inúmeros elementos de prova, já era aguardada. O reconhecimento do ato ilícito foi a primeira vitória. Vamos recorrer visando a majoração do valor fixado. A nosso ver, a quantia arbitrada não observa a gravidade da lesão e a capacidade econômica das partes, daí porque não cumpre a finalidade punitiva”, disse os advogados através de uma nota.

Já a assessoria de Caio Castro afirmou que o ator não vai se manifestar em relação ao assunto, pois, a ação tramita em segredo de Justiça.

“A assessoria do ator Caio Castro afirma que a ação tramita em segredo de Justiça e, por isso, respeitando uma decisão judicial, não iremos nos pronunciar sobre o caso e os advogados do ator estão em busca do responsável pelo vazamento das informações que serão responsabilizados nos termos da Lei”, disse em comunicado.

Relembre a discussão

Caio Castro – Globo/Marcos Rosa

Caio Castro se meteu em uma confusão, em Trancoso (BA). O ator chegou com um grupo de amigos em uma balada para uma festa de pré-Revéillon e já se irritou quando fotógrafos tentaram fazer uma imagem do grupo.

De acordo com o blog da colunista Fabíola Reipert, Caio entrou na balada e lá dentro um dos fotógrafos, que estava fazendo a cobertura da festa, foi fazer um clique dele, irritando mais ainda o ator…Saiba mais!

Leia também:

Caio Castro é acusado de vandalismo; Saiba mais



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here