Cauã Reymond/Instagram
Cauã Reymond/Instagram

Já virou senso comum achar o ator Cauã Reymond bonitão, no entanto, você acredita que ele, antes dos 30 anos, não se achava tudo isso assim? Pois é, foi sobre isso que o galã comentou em entrevista especial a jornalista e colunista do jornal ‘O Dia’, Fábia Oliveira.

+ Cauã Reymond comenta sobre sua filha Sofia: “Ficou mais forte nossa relação”

Em conversa com a jornalista, Cauã Reymond comentou detalhes sobre isso: “Eu não me sentia necessariamente bonito, mas eu percebia que as pessoas comentavam (risos). Acho que a partir dos 30 anos eu passei a me achar bem-apessoado”.

+Grávida? Cauã Reymond abre o jogo e fala sobre filhos com Mariana Goldfarb

O ator conta que sua beleza nunca o ‘atrapalhou’ em sua carreira, pois, em momentos distintos, ele soube como usá-la: “No início da carreira eu era levado mais para o lado do mocinho, do cafajeste… São coisas muito fortes na nossa teledramaturgia e no cinema também. Com o passar do tempo eu quis me desafiar e encontrei resistência para outros tipos de personagens. Fiz testes para vários personagens e fui dobrando as barreiras”.

+ “Já fui mais romântico”, revela Cauã Reymond

Sobre os personagens, ele é do tipo do ator que pode escolher. Questionado sobre isso, Cauã Reymond comentou o que faz ou não aceitar algum papel: “Eu gosto de ser cauteloso em relação a isso. O tempo vai passando e a gente vai trabalhando com muitas pessoas e buscando personagens diferentes. Eu comecei a fazer isso muito jovem e o que me ajudou muito a amadurecer e continuou a me ajudar foi esse processo de sair de uma novela e entrar em um filme de baixo orçamento. Sou apaixonado por audiovisual e aí quando você já se envolveu com muitos projetos, vai se preocupando em buscar coisas novas em seus trabalhos e acaba escolhendo naturalmente os projetos de maior interesse. Me sinto privilegiado em poder colocar isso em prática”.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here