Chay Suede e Laura Neiva/ Instagram
Chay Suede e Laura Neiva/ Instagram

Aos 27 anos, Chay Suede não esconde para ninguém o quanto está nas expectativas para conseguir ver o rostinho da primeira filha, fruto do seu relacionamento com a atriz Laura Neiva, de 26. Nos preparativos para a vinda da primogênita, o também ator é apaixonado pelo mundo da música, e confessou a preparação até mesmo de uma playlist especial para a hora do parto.

+ Chay Suede fala sobre gravidez da esposa: “Muito feliz”

“A nossa casa é muito musical. Já toco violão para ela na barriga da Laura. Acredito que a música estará presente na vida da Maria. Compus uma música para ela, chamada Verdadeira Onda. De repente, até toco algo para ela no parto. Estou fazendo uma playlist para a hora em que a Laura der à luz”, diz, em entrevista concedida ao portal UOL.

+ Chay Suede fala sobre a criação da filha: “Vou ensinar que Deus é amor”

Embora esteja com previsão de nascimento para meados de dezembro e início de janeiro do ano que vem, Chay destaca sua ansiedade, e abriu o coração: “Só penso nisso. É muito louco, porque passa rápido e este mês final parece que está muito devagar. Mas estamos bem tranquilos, curtindo cada fase. Achei que estaria uma pilha de nervos”, confessa.

+ Chay Suede muda o visual para novo personagem em novela

Para ele, se tornar pai de primeira viagem é a realização de um sonho, e alega que pretende ter mais filhos em breve. “Sempre sonhei em ser pai, desde criança. Quero ter mais filhos, sim. Se depender da Laurinha, ela diz que quer ter no mínimo três”, entrega ele, que tasca elogios ao falar de Laura, seu grande amor.

+ Laura Neiva surpreende ao mostrar ultrassom da primeira filha com Chay Suede

“Ela é maravilhosa como mãe. Não tenho nem o que dizer. Sou muito fã. Ela está muito pronta para esse momento. A gravidez dela foi bem tranquila e saudável. Olho para a Laura e vejo que ela saberá fazer tudo na hora certa”, acredita. Evangélico, Chay planeja conceder ensinamentos precisos para a pequenina, salientando sobre diversidade e intolerância religiosa: “Com certeza, vou ensinar algumas coisas para ela. Uma delas é o amor a Deus. Em segundo lugar, o respeito às outras pessoas. Essas duas coisas têm que vir muito alinhadas, para que não haja divergências”, destaca.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here