fbpx

Giselle Itié mostra o rostinho do filho pela primeira vez

A atriz compartilhou um momento do pequeno dormindo no sofá

Goleiro Bruno Fernandes está de mudança para a Região dos Lagos, no Rio

O atleta recebeu autorização da Justiça para deixar Minas Gerais

Stênio Garcia revela que já encerrou contrato com a TV Globo

O ator já vinha comentado a possibilidade de deixar o elenco fixo da emissora

Vivianne Pasmanter comemora retorno de duas personagens em novelas

A atriz está no elenco de 'Novo Mundo' e 'Totalmente Demais'

Marcos Veras curte gravidez da mulher e lamenta isolamento

O ator disse nas redes sociais que sente falta dos amigos e da família nesse momento

Luciano Huck revela valor de quantia arrecadada para doação devido pandemia do coronavírus

O apresentador quer ajudar empreendedores sociais de comunidade carentes

Em seu primeiro trabalho na TV, Julia Stockler se assusta com reação do público nas ruas

-

Julia Stockler – Instagram

No ar como Justina em ‘Éramos Seis’, Julia Stockler está achando incrível a experiência de fazer TV pela primeira vez. Para entrar na personagem, ela conta que leu livros, viu filmes, mas preferiu não ver nada das versões anteriores da história baseada no livro de Maria José Dupré. “Vi filmes, li, mas chegou um momento que eu não queria mais saber sobre esse externo, eu queria entender dentro de mim onde morava a minha sombra e a minha dificuldade”, contou em entrevista ao Área Vip.

Encantada com a personagem, a atriz diz que conheceu um pouco mais sobre a questão de Justina. “Eu costumo pensar que não é um problema, é um transtorno, e não é uma doença. Eu tive a possibilidade de ter contato com o Instituto Priorit, na Barra da Tijuca, e eu tive encontro lindo com eles, a gente dançou, a gente cantou, pintou. Eles são aspergers de alta funcionalidade. Então, tirou todo um véu em relação ao que eu tinha sobre esse espectro”, ressalta.

Resumos de “Éramos Seis” – Semana de 10/02 a 15/02

Nas ruas, Julia já sente a diferença do retorno do público fazendo sua primeira novela. “Me dá uma certa assustada. Teve um dia que uma mulher gritou de dentro do bar com toda a força “Justina”. Eu saí correndo. Dá um certo medo, mesmo. Mas as pessoas, geralmente, chegam com medo pra falar comigo, por isso que essa mulher foi um choque”, contou.

Como será o destino de Justina na reta final da novela a atriz não conta de jeito nenhum e diz que aos poucos está descobrindo junto com o público mais sobre o passado da personagem, que pelo que parece sofreu um trauma na infância.  “Existe um trauma e eu, Julia, fui descobrir isso agora. Agora é descobrir que trauma foi esse e se tem a ver com a questão dela. Isso a gente vai descobrir aos poucos”, despista ela, que acredita em um final bonito para Justina. “A gente ainda vai passar por grandes coisas, mas eu não posso abrir muito realmente. Mas a gente pode esperar um caminho de luz pra ela”, define.

Carol Macedo, de ‘Éramos Seis’, fala sobre semelhanças com sua personagem

Trabalhar na TV, no entanto, chego no momento certo e com a personagem ideal na carreira da atriz, que vem do teatro. “Eu acho que as coisas aconteceram de uma forma natural. Tenho muito tempo de teatro e fazer a Justina foi um presente mesmo. Eu estou fazendo uma personagem gigante emocionalmente. Fazer ela todo dia me interessa. Veio no momento ideal”, afirma, que também aprendeu muito com Justina. “Eu acho que a Justina assume os medos, assumi a fragilidade. E ela me ensina que tudo bem assumir a sua fragilidade. Vai te gente que vai te acolher. Isso é uma coisa que ela me ensina”, conta.

Justina (Julia Stockler) e Emília (Susana Vieira) – TV Globo

Contracenar com nomes como Susana Vieira e Camila Amado foi mais uma experiência ímpar para a atriz, que no cinema trabalhou com Fernanda Montenegro no filme A Mulher Invisível.   “Estou lidando com dois monstros, no melhor sentido da palavra, a Camila é uma das bruxas do teatro, ela tem uma história na carreira, uma dedicação. Fazer cena com a Camila é uma emoção. E a Susana é mais da televisão. A Susana foi muito generosa comigo, ela foi muito carinhosa, quando soube que eu vim do teatro ela abriu um leque de respeito a minha profissão. Eu tinha até medo de ela não gostar de trabalhar com gente jovem. Aí não, foi ao contrário, eu comecei a ganhar ela no afeto. Ela é uma mulher super carinhosa”, elogiou.

Atriz de ‘Éramos Seis’ conta proibição inusitada no set de gravações

Além do sucesso na TV, Julia também vem colhendo os louros depois do lançamento de ‘A Vida Invisível’. “Nossa recepção em Cannes foi incrível. E a gente ganhou vários prêmios, eu ganhei o APCA em São Paulo de Melhor Atriz, na Espanha também. Não é que eu ache Hollywood é a coisa mais incrível do mundo, mas é a prova de que a gente está fazendo um cinema que as pessoas querem ver, só o nosso país que não está muito interessado. Isso é uma loucura”, analisa.



7 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here




site statistics