Poliana Rocha exala sensualidade em click e recebe muitos elogios

A esposa do sertanejo Leonardo compartilhou um click em seu perfil do Instagram, onde recebeu um enxurrada de elogios.

Larissa Manoela presta bela homenagem a Ingrid Guimarães, que faz aniversário

Larissa Manoela usou as redes sociais para homenagear a amiga global.

Flávia Viana quebra o silêncio sobre polêmica envolvendo sertanejo Bruno durante live

Pela primeira vez, Flávia Viana abre o jogo sobre situação envolvendo cantor sertanejo Bruno após episódio polêmico durante live.

Joelma faz grande revelação sobre casamento conturbado com Ximbinha

Cantora Joelma relembrou época de casamento conturbado com o ex-marido Ximbinha e emocionou com relato.

Andréa Nóbrega surge com a mãe pela primeira vez após internação e...

Ex-mulher do apresentador Carlos Alberto de Nóbrega emociona com momento em família com a mãe após internação às pressas.

Karina Bacchi desabafa sobre novas dificuldades para segunda gravidez

Karina Bacchi abre o coração em novo desabafo sobre tentativas para segunda fertilização.

Evandro Santo é agredido após show

-

Evandro Santo reprodução Instagram
Evandro Santo reprodução Instagram

Evandro Santo passou por um momento complicado na última sexta feira (18), o humorista alega ter sido agredido logo após um show feito em Marília, no interior de São Paulo.

Na manhã deste sábado (19), o artista compartilhou em suas redes sociais, seu Instagram, e falou sobre o que aconteceu. Ele postou uma foto em que surge com a boca e o nariz machucados e afirma que levou um soco de um rapaz chamado Pedro no banheiro do “Água Doce”, local em que se apresentou.

Assim ele começa seu desabafo: “Esta não é uma foto bonita e nem legal. Esta foto mostra o quanto devemos ter cuidado com pessoas com aparência “normal”, porque o ódio e a homofobia não tem cara. Viemos ontem fazer nosso show em Marília, na @aguadocemarilia um local que nos recebeu super bem, com todo o carinho e respeito e profissionalismo, do começo ao fim. Como todos que viram já o meu show, ele é interativo e as pessoas sobem no palco e dão risadas e sobem porque querem. Quem não quer não sobe”.

+Aos prantos, Carol Portaluppi, filha de Renato Gaúcho, relata agressão de torcedores

Ele narrou que o rapaz que subiu ao palco foi de livre e espontânea vontade como acontece em todo show ” O show transcorria super bem, até que chega a hora do “Tinder humano” e todos os meus amigos da comédia sabem que funciona. Quando pedi um rapaz solteiro, na hora um rapaz chamado Pedro, se prontificou a subir para fazer o Tinder com outra moça que sempre pode acabar em um “beijo” ou “selinho”. Ele super aceitou bem, fez o Tinder, ganhou um selinho meu, deu risada assim como a moça ganhou um meu e deu risada. Saiu do palco de boa, o público que era muito educado, participativo e carinhoso pediu para eu ficar mais, agradecemos a cada, a #jovempanmarilia, pedi dez minutos para descansar e depois como sempre tirar as fotos”.

+Li Martins, ex-Rouge, é processada em caso de agressão por famoso cantor

Nesse momento Evandro fala como foi que tudo aconteceu: “Saí, fui no banheiro, e quando saí, um rapaz falou: “ O Pedro está vindo ao banheiro”. E eu: uai, e daí. Quando saí do banheiro do nada, o cara apareceu, o mesmo que participou por vontade própria e me deu um baita soco na boca, no qual obviamente eu não reagi. Tanto a boca quanto ao nariz sangraram. Na hora virou um tumulto no banheiro, gente separando o cara, um cara ficou puto e disse para o pai dele: Você trouxe o seu filho para fazer isto com o artista? Chegou uma moça super prestativa e fizeram um paredão para eu sair. Saí tão passado que fui direto para o hotel. Não apanho desde os 13 anos de idade, por qualquer motivo.

+Douglas Sampaio é indiciado por agressão a ex-noiva Rayanne Morais

Pra encerrar o comediante disse que está péssimo e vai fazer tudo que puder para que a justiça seja feita. “Acordei péssimo pensando em deixar pra lá e ir logo para casa. Mas não. Vou na delegacia fazer o B.0 e vou fazer todos os processos possíveis do mundo por agressão, homofobia e covardia. Por que o cara não me bateu no palco? Por que esperou eu ir no banheiro e estar sozinho? Deve ser algum poderoso da cidade? Pode ser. Mas sou figura pública é isto poderia acontecer com qualquer amigo meu da comédia. Gente, quem não curte comédia ou humor, não frequentem shows” encerra o artista.

Veja o post:

View this post on Instagram

Esta não é uma foto bonita e nem legal. Esta foto mostra o quanto devemos ter cuidado com pessoas com aparência “normal”, porque o ódio e a homofobia não tem cara. Viemos ontem fazer nosso show em Marília, na @aguadocemarilia um local que nos recebeu super bem, com todo o carinho e respeito e profissionalismo, do começo ao fim. Como todos que viram já o meu show, ele é interativo e as pessoas sobem no palco e dão risadas e sobem porque querem. Quem não quer não sobe. O show transcorria super bem, até que chega a hora do “Tinder humano” e todos os meus amigos da comédia sabe que funciona. Quando pedi um rapaz solteiro, na hora um rapaz chamado Pedro, se prontificou a subir para fazer o Tinder com outra moça que sempre pode acabar em um “beijo” ou “selinho”. Ele super aceitou bem, fez o Tinder, ganhou um selinho meu, deu risada assim como a moça ganhou um meu e deu risada. Saiu do palco de boa, o público que era muito educado, participativo e carinhoso pediu para eu ficar mais, agradecemos a cada, a #jovempanmarilia, pedi dez minutos para descansar e depois como sempre tirar as fotos. Saí, fui no banheiro, e quando saí, um rapaz falou: “ O Pedro está vindo ao banheiro”. E eu: uai, e daí. Quando saí do banheiro do nada, o cara apareceu, o mesmo que participou por vontade própria e me deu um baita soco na boca, no qual obviamente eu não reagi. Tanto a boca quanto ao nariz sangraram. Na hora virou um tumulto no banheiro, gente separando o cara, um cara ficou puto e disse para o pai dele: Você trouxe o seu filho para fazer isto com o artista? Chegou uma moça super prestativa e fizeram um paredão para eu sair. Saí tão passado que fui direto para o hotel. Não apanho desde os 13 anos de idade, por qualquer motivo. Acordei péssimo pensando em deixar pra lá e ir logo para casa. Mas não. Vou na delegacia fazer o B.0 e vou fazer todos os processos possíveis do mundo por agressão, homofobia e covardia. Por que o cara não me bateu no palco? Por que esperou eu ir no banheiro e estar sozinho? Deve ser algum poderoso da cidade? Pode ser. Mas sou figura pública é isto poderia acontecer com qualquer amigo meu da comédia. Gente, quem não curte comédia ou humor, não frequentem shows

A post shared by Evandro Santo (@evandrosanto) on

Elisangela Ribeiro
Jornalista e Radialista com passagens por emissoras como Top FM, Band e Capital AM. No Área VIP atuo como web redatora especializada em celebridades, famosos e o universo Sertanejo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Você por dentro!




site statistics