Laércio de Moura, ex-participante do “Big Brother Brasil 16“, foi condenado pelos crimes de estupro de vulnerável e armazenamento de material contendo cena de sexo explícito ou pornogr ... Leia mais:

Ex-BBB Laércio de Moura (TV Globo/Reprodução)

Laércio de Moura, ex-participante do “Big Brother Brasil 16“, foi condenado pelos crimes de estupro de vulnerável e armazenamento de material contendo cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente.

Segundo informações do “G1”, o ex-BBB terá que ficar 12 anos na prisão. A decisão é do fim de agosto e foi divulgada nesta terça-feira (12) pelo Ministério Público do Paraná.

Laércio, de 54 anos, está preso desde maio de 2016, após acusação de estupro de vulnerável e de fornecimento de bebidas alcoólicas para uma adolescente de 13 anos. Ele era investigado desde fevereiro do mesmo ano, quando a Promotoria de Justiça recebeu um pedido de providências a respeito da conduta do ex-BBB dentro do confinamento.

De acordo com as investigações, o crime ocorreu em 2012. A vítima é uma adolescente que, na época, tinha 13 anos. Atualmente, com 17, ela confirmou o envolvimento de três anos com Laércio.

A relação começou em um evento público em Curitiba, quando se conheceram. A partir da ocasião, Laércio começou a mandar mensagens para a garota. A família dela não tinha conhecimento do que ocorria até o momento em que a polícia procurou a vítima.

Ainda segundo a publicação, o advogado do ex-BBB disse que vai recorrer da decisão.






2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here