Mahmoud – Reprodução: Instagram

O ex-participante da décima oitava edição do BBB 18, Mahmoud Baydoun, resolveu usar as redes sociais nesta última quinta-feira (10), para fazer uma revelação bombástica sobre sua vida.

+ Eliminado do ‘BBB18’, Mahmoud diz: “Eu prefiro ter saído como uma pessoa honesta”

Em vídeo, publicado em seu canal do Youtube, Mahmoud resolveu quebrar o silêncio sobre um dos momentos mais difíceis e marcantes que passou em sua vida: um abuso sexual que sofreu quando tinha apenas seis anos de idade.

Na gravação ele contou todos os detalhes do momento traumático: “Quando eu tinha seis anos, eu fui vítima de pedofilia. Eu fui abusado sexualmente por um porteiro do prédio”, iniciou.

Ele revela que, quando pequeno, tinha a curiosidade de conhecer todos os 20 andares do edifício onde morava. O porteiro, um dia, se ofereceu para ir com ele, foi quando ocorreu o abuso:

“Ele disse para eu não contar para ninguém, para eu lavar a bundinha. Eu fiz o que ele falou, só que no outro dia eu fiquei com uma sensação de culpa enorme, que eu não estava aguentando”.

+ Ex-BBB investe em carreira como palestrante – Saiba mais!

O ex-BBB continou e mostrou a importância de se realizar a denúncia: “Quando minha mãe chegou, eu chorei muito. Pedia para ela me perdoar e tive a resposta mais legal do mundo. Ela me abraçou, disse que ia dar tudo certo, que era para eu parar de chorar. No outro dia, o prédio estava cheio de polícia. Os vizinhos todos estavam reunidos, e eu me senti muito protegido”.

Mahmoud conta que a passagem o moldou como pessoa: “Por muitos anos, esse assunto mexeu comigo. Me sentia objetificado e tinha dificuldade nas relações. Tinha perfil de encontrar sempre caras perversos, que me faziam me sentir nessa posição de objeto novamente. Com ajuda da sexologia, da psicologia e da terapia, consegui superar”.

+ Ex-BBB Mahmoud tira tudo e causa polêmica com foto em rede social

Para concluir, ele reiterou a importância de se falar sobre o assunto: “Eu acho que o mais ajudou foi eu falar sobre isso. Tenho certeza de que há vários meninos e meninas que são abusados sexualmente todos os dias e não falam sobre o assunto”.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here