Heitor Martinez – Amor Sem Igual – Record/Blad Meneghel

De volta à Record, Heitor Martinez viverá mais um vilão em Amor Sem Igual, nova novela da Record que estreia terça-feira (10). Ele será Bernardo, o chefe da segurança na empresa Braz Talentos Esportivos. Mas na verdade, ele será uma espécie de capanga de Tobias (Thiago Rodrigues) e acatará ordens ainda de Leandro (Gabriel Gracindo), advogado inescrupuloso da empresa. “Ele é o braço armado, o que tiver de ruim pra fazer, eles mandam o Bernardo fazer. Ele é um assassino frio, misógino, bate em mulher”, adiantou o ator em entrevista ao Área Vip, durante o lançamento da novela.

O último trabalho de Heitor foi em ‘O Sétimo Guardião’, na Globo, com um personagem que também não tinha escrúpulos.  Para o ator, interpretar vilões já se tornou rotineiro na carreira. “Eu venho fazendo vilão há muito tempo, eu gosto de fazer, óbvio, tá dando certo aí continuam me escalando para fazer. Não tenho nada contra nenhum personagem, desde que tenha uma carga emocional e uma história por trás é sempre interessante”, afirmou.

Bárbara França abre o jogo e faz revelação inédita dos bastidores da novela ‘Amor Sem Igual’

E Bernardo será um vilão de amargar. “É o que mata e  esconde o corpo. Ele não planeja as coisas, banalidade do mal. Para mim, o nome dele é banalidade do mal. Se eu for preso, eu vou falar ‘apenas cumpri ordens’”, adiantou. Para viver o vilão, Heitor nem precisou de muita preparação.  “Nesse caso específico, eu não tenho nenhuma habilidade extra, nada. Mexer com arma, eu conheço. Então, a minha preparação internamente, tentar ver essa frieza, essa maneira de não demonstrar sentimento para poder fazer coisas horrorosas. No primeiro capítulo  eu tento matar a Poderosa (Day Mesquita), algumas vezes”, contou.

Sobre alternar personagens entre a Globo e a Record, o ator confessa que considera uma coisa natural. “São empresas que nos dão trabalho. Antes de vir para a Record, eu trabalhei muitos anos na Globo, eu fiquei muito tempo aqui. Agora, eu estou experimentando essa fase de vai lá, volta aqui. Para mim, sinceramente, é um posto de trabalho, eu me considero um funcionário, me apresentam os personagens e a gente trabalha em cima deles. São duas empresas grandes, duas empresas que, ainda bem, estão produzindo. A gente vem passando por um momento de desmonte da cultura, ter essa possibilidade de estar aqui trabalhando é um privilégio”, analisou.

Sthefany Brito fala do desafio de viver garota de programa em ‘Amor Sem Igual’

Além do trabalho como ator, Martinez também produz peças, mas no momento vai se dedicar apenas à TV. “Estou dando um tempo porque início de novela te exige muito. Eu tinha duas peças para fazer, eu tive que parar. Talvez eu comece a viajar com teatro em abril, com a Juliana (Martins), Eu Te Amo, do (Arnaldo) Jabor. A gente já começou ver viagem, mas eu dependo daqui. Por exemplo, essa semana, eu viajei quatro vezes. Fui para São Paulo, voltei. Fui para Teresópolis, voltei, gravei no mesmo dia. Início de novela é sempre uma coisa um pouco desgastante. Eu não tenho energia suficiente para fazer muita coisa ao mesmo tempo”,  confessa.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here