Leo Dias e Anitta/Instagram
Leo Dias e Anitta/Instagram

Animado com os preparativos para o lançamento da biografia de Anitta, Leo Dia usou suas redes sociais, para dizer onde pretende fazer o lançamento da publicação.

Nem consultei a Ediouro, mas a minha prioridade é que o primeiro lançamento da BIO da Anitta aconteça em Honório Gurgel”, escreveu ele, se referindo ao bairro onde a cantora nasceu e viveu antes da fama. O lançamento está previsto para acontecer em dezembro.

Além do bairro, Leo quer que seja na escola pública onde Larissa, nome real da funkeira, estudou. “Assim que publiquei a minha ideia, meu amigo jornalista Sidney Rezende me telefonou. Disse que meu sonho é lançar o livro da Anitta no Colégio Itália, onde ela estudou”, adiantou ele, que disse ainda que lá os livros não serão vendidos.

Biografias  bombásticas

Feliz da vida, o jornalista relatou que nem está visando lucro com a publicação. “Parece mentira, mas não quero ganhar dinheiro com esse livro, quero que ele vá longe, num país com tão poucas livrarias. Por isso, a escolha da Ediouro não foi por acaso”, pontuou.

Leo Dias contou que já entregou à editora os primeiros capítulos. Os editores ficaram impressionados e já querem outro famoso para contar a história.

Não entendi direito… Mas eles querem uma próximo BIO para 2019”, contou. Se o projeto vingar, o colunista disse que serão nomes que vão dar o que falar. “O problema dessa ‘próxima’ bio é que envolve muita gente viva, muita gente poderosa. Essa próxima bio, meu amor, vai abalar a TV Globo”, promete.

Veja o post:

Nem consultei à Ediouro, mas a minha prioridade é que o primeiro lançamento da BIO da Anitta aconteça em Honório Gurgel. O livro serve para todo uma país excluído, mas é uma grande homenagem ao subúrbio do Rio. Depois de Honório, quero lançar no Madureira Shopping, no NorteShopping… A minha prioridade não é a zona sul do Rio. Nem a elite do Brasil. O livro vai servir de exemplo para quem tinha tudo para dar errado. É uma clara mensagem que o ensino público no Brasil dá, sim, bons frutos. Quero levar o livro ao interior do Brasil, aos segregados, àqueles que acham que é sim possível virar o jogo. Pedi ao máximo à Ediouro um preço acessível. Parece mentira, mas não quero ganhar dinheiro com esse livro, quero que ele vá longe, num país com tão poucas livrarias. Por isso, a escolha da Ediouro não foi por acaso. Os primeiros capítulos que foram entregues à Ediouro impressionaram aos diretores da Editora. Eles me pediram uma reunião. Não entendi direito…. Mas eles querem uma próxima BIO para 2019. Não sei se quero passar por isso de novo…. Mas se a ideia for pra frente. O personagem já fi escolhido. A minha proposta à Ediouro é fazer biografia não autorizada de personagens popularesm, vivos, no auge, com histórias absolutamente não lineares. Não quero escrever sobre gente morta. O problema dessa “próxima” bio é que envolve minha gente. muita gente viva, muita gente poderosa. Essa próxima bio,, meu amor, vai abalar a TV Globo.

A post shared by LeoDias (@leodias) on

Confira também:

Leo Dias manda indireta para Mara Maravilha em rede social – Confira!

Colaborou: Nucia Ferreira



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here