MSN

sexta-feira, 24 de maio de 2024

Letícia Spiller faz parceria com a ONU para ajudar refugiados no Brasil

Aos 47 anos de idade, Letícia Spiller é a mais nova parceira da ACNUR, agência da ONU (Organização das Nações Unidas) para refugiados. Em recente entrevista concedida ao Gshow, a atriz falou um pouco mais sobre essa nova parceria e explicou o que vem por aí.

-

-

Lívia Cout
Lívia Cout
Venha fazer parte da nossa equipe de colaboradores! Saiba mais!
Letícia Spiller faz parceria com a ONU para ajudar refugiados no Brasil - Foto: Reprodução/ Instagram
Letícia Spiller faz parceria com a ONU para ajudar refugiados no Brasil – Foto: Reprodução/ Instagram

Aos 47 anos de idade, Letícia Spiller é a mais nova parceira da ACNUR, agência da ONU (Organização das Nações Unidas) para refugiados. De acordo com entrevista concedida ao Gshow, a atriz contou como foi entrar nessa ”corrente do bem”.

- Continua após o anúncio -

+Letícia Spiller exibe clique da irmã mais velha que recebeu a vacina contra Covid-19

Letícia Spiller fala sobre parceria com a ONU

Entre tantas questões, foram as mães, que são forçadas a abandonar tudo com seus filhos bebês, que mais me tocou. Muitas vezes são bebês de colo. Uma família inteira! Elas precisam sair de suas casas, do seu lar e do seu país de origem para salvar a vida dos seus filhos. Elas passam fome, enfrentam condições extremas.’‘, refletiu logo a princípio a atriz.

São mulheres guerreiras em prol da vida dos seus filhos. Mas são muitas outras histórias, umas diferentes das outras, que tocam o nosso coração. Não tem como não tocar.”, disse por fim, logo em seguida.

- Continua após o anúncio -

+Letícia Spiller esclarece declaração ‘polêmica’ sobre caso envolvendo Dani Calabresa e Marcius Melhem

Encontros

Aliás, com o fim da pandemia, a atriz pretende ainda se unir a ACNUR para conhecer mais de perto a necessidade dos refugiados.

- Continua após o anúncio -

Logo na sequência Letícia Spiller ainda completou: ”Com esses encontros quero promover interações e trocas. Que a gente possa estar junto nessa causa e, ao mesmo tempo, mais próximos. Poder vivenciar essas histórias de perto. Quem sabe, formar parcerias com algumas pessoas. O que eu pretendo fazer vai vir muito desse trabalho… Do trabalho de campo. Não é nada pensado agora. Vai surgir naturalmente do meu trabalho com o ACNUR e com os próprios refugiados.”, explica enfim.

Saiba mais

Além disso, uma das histórias que motivou a atriz a entrar de cabeça nessa campanha foi a da venezuelana Adriana Camargo, de 33 anos: formada em gerência e administração de Recursos Humanos, atleta de escalada esportiva na Venezuela, sua terra natal. Quando a crise se abateu sobre o país, ela precisou migrar para o Brasil em busca de condições melhores.

Tiago Leifert explica como a ONU vai ajudar a família de Kaysar

- Continua após o anúncio -

Continue por dentro com a gente: Google Notícias , Telegram , Whatsapp

Lívia Cout
Lívia Cout
Venha fazer parte da nossa equipe de colaboradores! Saiba mais!