MSN

terça-feira, 23 de julho de 2024

Luana Piovani revela ter aberto denúncia contra juíza em Portugal: “Me senti violentada”

A atriz Luana Piovani revelou ter aberto uma denúncia contra a juíza responsável pela audiência de conciliação com seu ex-marido

-

-

Lauan Brito
Lauan Brito
Venha fazer parte da nossa equipe de colaboradores! Saiba mais!
Luana Piovani
Luana Piovani – Reprodução Instagram

Na noite desta quinta-feira, 25 de maio, a atriz Luana Piovani, de 46 anos de idade, abriu o jogo e revelou ter aberto uma denúncia contra a juíza responsável pela audiência de conciliação com seu ex-marido, o surfista Pedro Scooby, de 34. A loira afirmou ter sofrido violência processual por parte da profissional do judiciário em Portugal.

- Continua após o anúncio -

Desse modo, em entrevista ao videocast ‘Acessíveis Cast’, apresentado por Titi Müller e Marimoon, a ex-estrela da TV Globo afirmou que a Justiça do país lusitano não dá suporte para pessoas do gênero feminino. Não só isso, a namorada de Lucas Bitencourt ainda acusou a profissional da magistratura de ter utilizado do poder para oprimi-la.

+ Luana Piovani comenta fase atual da carreira: “No meu auge”

Na sequência, Piovani contou ter sido recebida na audiência em alta gritaria e todos que faziam parte foram ridicularizados pela juíza. Por esse motivo, a artista ficou extremamente nervosa e começou a ter crises de ansiedade.

- Continua após o anúncio -

“Portugal tem um modus operandi, uma Justiça, que não protege a mulher, muito pelo contrário. Sofri violência processual da juíza, que nos recebeu aos berros e humilhou a todos dentro de uma audiência de conciliação. Me senti violentada psicologicamente. Tive que entrar em um transe porque ia ter um troço. Estava super nervosa, estou tendo crises de ansiedade, ela começou a gritar e foi me dando um estado de nervoso”, declarou.

+ Luana Piovani expõe situação com Dado Dolabella: ”Fui agredida”

- Continua após o anúncio -

Mais sobre a matéria de Luana Piovani

A anfitriã Titi, que também enfrenta uma batalha judicial contra o ex-marido, Tomás Bertoni, no qual alega ter sofrido violência doméstica do músico, relembrou quando foi impedida de citar o nome dele por conta de uma decisão da Justiça.

“Sofri 15 processos ao todo, desde a liminar para que eu não falasse, que é a mordaça que a Luana está passando agora. É uma coisa que toda a sociedade tem que ter um despertar. Quem sofre muito também são as advogadas que trabalham com as mulheres vítimas. Só mulher defende mulher. O sistema judiciário está perdendo muitas profissionais qualificadas porque elas têm muito medo, porque são processadas. A minha advogada está sendo processada pelo meu agressor. É o medo operando através do sistema judiciário”, refletiu a ex-VJ da MTV Brasil.

Assista ao vídeo:

- Continua após o anúncio -

Continue por dentro com a gente: Google Notícias , Telegram , Whatsapp

Lauan Brito
Lauan Brito
Venha fazer parte da nossa equipe de colaboradores! Saiba mais!