Mara Maravilha – Reprodução: Instagram

A apresentadora Mara Maravilha está vivendo uma ótima fase! Ela, que já anunciou em suas redes sociais, que voltou a estudar, ganhou um novo espaço no programa vespertino ‘Fofocalizando’ e também está envolvida com uma gravadora, revelou em uma entrevista ao portal F5 da Folha de São Paulo, uma novidade.

+ Vem novidade por aí? Mara Maravilha surge em gravadora e anima fãs

Aos 51 anos e noiva do cantor, Gabriel Torres, Mara está trabalhando em um novo programa, longe dos famosos, das fofocas e de alguns desentendimentos do ‘Fofocalizando’.

+ Lívia Andrade dispara sobre raiva de Mara Maravilha: “Não gosto e pronto”

A nova atração de Maravilha será voltada para a música gospel e deverá ser lançada em breve, na Rede Gospel. O programa irá contar com artistas consagrados da música religiosa e também ajudará a lançar novos nomes no mercado musical.

O programa ainda não tem uma data de estreia e nem nome definido.

Mesmo trabalhando nesse novo programa, Mara falou sobre o Fofocalizando e o olhar do seu patrão, Silvio Santos, para o mesmo: “O fofocalizando é um programa muito bom, pensado por Silvio Santos e a cabeça dele não erra o feeling. O programa tem tudo para continuar a ser um sucesso, mas assim, como a direção está impulsionando, com reportagens, cunho mais informativo e jornalístico”, disse ela.

Além do novo programa que vem por aí, Mara falou sobre a política e surpreendeu ao revelar se seria candidata.

“Se Luciano Huck se candidatar a presidente, eu quero ser senadora”, disse ela brincando. Questionada se a vontade é real, ela revelou: “Eu me candidataria, sim. Se tiver brasileiro como eu, que acredite em mim e me apoie…”, disse ela.

Sobre as críticas que recebeu por ser pró-Bolsonaro, ela decidiu não se pronunciar e desconversou sobre o assunto, mas falou sobre o que acredita: “Está na hora de a gente se abrir. Quem não junta, espalha”, afirmou ela.



68 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here