Bella Falconi e Maguila – Reprodução: Instagram

Após nove dias internado, Ricardo Maguila, o marido de Bella Falconi, recebeu alta para alívio da família e de seus fãs. Maguila estava internado em Belo Horizonte, enfrentando uma doença autoimune: colite.

Em seu instagram, Maguila compartilhou dois relatos sobre o que enfrentou no hospital, além disso nos clicks compartilhados ele aparece bem mais magro.

Na primeira publicação, na noite do último dia 28, ele relata que tinha consciência de sua doença, mas não imaginava a gravidade de uma crise. “9 dias de internação, finalmente indo pra casa. Perdi peso, sofri com os efeitos da doença, vivi dias pesados no hospital e, apesar de já ter conhecimento da minha doença, eu nunca pude imaginar a gravidade de uma crise”, começou ele.

Em seguida ele falou que sai mais fraco fisicamente mas, forte em outros sentidos e faz um agradecimento. “Hoje sei que, apesar de estar saindo um pouco mais fraco fisicamente, estou muito mais forte em todos os sentidos. Não foi fácil ficar longe das meninas, da minha rotina, em ambiente hospitalar e sentindo tudo que senti. Mas há males que vêm para o nosso bem! Depois com calma vou contar tudo pra vocês sobre tudo que vivi nos últimos dias”. 

Confira a publicação:

View this post on Instagram

9 dias de internação, finalmente indo pra casa. Perdi peso, sofri com os efeitos da doença, vivi dias pesados no hospital e, apesar de já ter conhecimento da minha doença, eu nunca pude imaginar a gravidade de uma crise. Hoje sei que, apesar de estar saindo um pouco mais fraco fisicamente, estou muito mais forte em todos os sentidos. Não foi fácil ficar longe das meninas, da minha rotina, em ambiente hospitalar e sentindo tudo que senti. Mas há males que vêm para o nosso bem! Depois com calma vou contar tudo pra vocês sobre tudo que vivi nos últimos dias. Estou grato de poder ir pra casa, pois há poucos dias não tínhamos expectativas nenhuma disso acontecer tão breve. Estou grato também à minha médica Dra Áurea Cássia e a toda equipe do hospital que me ajudou nesse processo tão dolorido. Uma coisa aprendi: doença autoimune não é brincadeira e precisa ser levada a sério. Espero poder ajudar muitos com a minha experiência. Agora é hora de ir pra casa, fazer repouso por mais uns dias e recarregar as energias e continuar o tratamento até ficar em remissão. Tudo vai passar! Obrigado a todos pelas mensagens e orações. Continuem torcendo por mim!! ❤️🙏🏼

A post shared by Ricardo Maguila (@maguila) on

Na manhã deste sábado, 29, Maguila retornou as redes sociais, para explicar com detalhes sobre a sua doença, além de postar uma foto em que aparece sem camiseta, chocando seus seguidores que estão acostumados a vê-lo completamente diferente.

Ele começa dizendo sobre como descobriu a doença. “Doença intestinal inflamatoria (DII). Esta sigla engloba doenças autoimunes como retocolite ulcerativa e doença de Crohn. Eu descobri ha 6 anos que tinha essa autoimune com uma crise anêmica nos Estados Unidos”, começou ele.

Em seguida, ele fala sobre como tratou as primeiras crises. “Estava perdendo sangue do intestino sem me dar conta da gravidade dos fatos. Fiquei muito fraco, anêmico e fui internado por 3 dias. Fiz uma colonoscopia onde mostrou a inflamação no intestino e tratei com alguns anti inflamatórios e fui pra casa poucos dias depois. Tive uma segunda crise no Brasil com sangramentos constantes e muita dor. Diarreias constantes, pequenos sangramentos e fraqueza são os principais sintomas desta doença. Agora vem o meu erro e minha negligência: depois de 2 crises tratadas apenas com alguns remédios, eu me tornei negligente comigo mesmo”. 

Maguila então fala sobre a vergonha em falar de doenças como hemorroida ou da vergonha em comprar determinados remédios. “Ninguém aqui se sente à vontade de falar sobre hemorroida. Eu mesmo sempre fui assim, sempre esperava o corredor da farmácia esvaziar para pegar uma pomada sem ser visto. Mas pode apostar que mais de 50% de vcs que estão lendo aqui este texto tbem tem, principalmente o pessoal que gosta de malhar pesado. Depois de sair da crise com remédios , sempre que eu tinha algum sangramento ou algum desarranjo intestinal eu comecei a jogar a culpa de qualquer sintoma, como diarreia ou sangramento na hemorroida, menos na minha doença. Paguei o preço e entrei numa crise aguda”. 

Ele então finaliza, contando que está fazendo essa publicação para conscientizar as pessoas. “Vivi dias terríveis, nunca senti tanta dor na minha vida e nunca senti tanto medo de perder meu intestino. Na doença autoimune o seu corpo ataca ele mesmo e isso desencadeia numa série de processos, podendo comprometer sua saúde por completo. Eu senti na pele o valor da saúde. Existem vários gatilhos que ativam a doença e isso vou falar num outro post. Mas meu comprometimento agora é espalhar conscientização. Estou em casa em repouso absoluto, me recuperando e aos poucos vou dividir com vcs mais detalhes. O rosto fica inchado assim por causa das altas doses dos anti-inflamatórios.Obrigado pelo carinho de todos”, finalizou.

Confira o registro:

View this post on Instagram

Doença intestinal inflamatoria (DII). Esta sigla engloba doenças autoimunes como retocolite ulcerativa e doença de Crohn. Eu descobri ha 6 anos que tinha essa autoimune com uma crise anêmica nos Estados Unidos. Estava perdendo sangue do intestino sem me dar conta da gravidade dos fatos. Fiquei muito fraco, anêmico e fui internado por 3 dias. Fiz uma colonoscopia onde mostrou a inflamação no intestino e tratei com alguns anti inflamatórios e fui pra casa poucos dias depois. Tive uma segunda crise no Brasil com sangramentos constantes e muita dor. Diarreias constantes, pequenos sangramentos e fraqueza são os principais sintomas desta doença. Agora vem o meu erro e minha negligência: depois de 2 crises tratadas apenas com alguns remédios, eu me tornei negligente comigo mesmo. Ninguém aqui se sente à vontade de falar sobre hemorroida. Eu mesmo sempre fui assim, sempre esperava o corredor da farmácia esvaziar para pegar uma pomada sem ser visto. Mas pode apostar que mais de 50% de vcs que estão lendo aqui este texto tbem tem, principalmente o pessoal que gosta de malhar pesado. Depois de sair da crise com remédios , sempre que eu tinha algum sangramento ou algum desarranjo intestinal eu comecei a jogar a culpa de qualquer sintoma, como diarreia ou sangramento na hemorroida, menos na minha doença. Paguei o preço e entrei numa crise aguda. Vivi dias terríveis, nunca senti tanta dor na minha vida e nunca senti tanto medo de perder meu intestino. Na doença autoimune o seu corpo ataca ele mesmo e isso desencadeia numa série de processos, podendo comprometer sua saúde por completo. Eu senti na pele o valor da saúde. Existem varios gatilhos que ativam a doença e isso vou falar num outro post. Mas meu comprometimento agora é espalhar conscientização. Estou em casa em repouso absoluto, me recuperando e aos poucos vou dividir com vcs mais detalhes. O rosto fica inchado assim por causa das altas doses dos anti-inflamatórios.Obrigado pelo carinho de todos. 🙏🏼

A post shared by Ricardo Maguila (@maguila) on

Nos comentários, seus seguidores mandaram palavras de apoio a ele.

“Melhoras ! Deus é maravilhoso e sabe de todas coisas”, “Que Deus cuide de vc e já já vc está bem, creio que ele já te curou”, “Deus restabeleça sua saúde, Maguila. Amém!”, foram alguns dos comentários.

Vote no Prêmio Área VIP!

Prêmio Área VIP 2018 - Digital Influencer
Prêmio Área VIP 2018 – Digital Influencer

Bella Falconi está concorrendo ao prêmio do nosso site: Prêmio Área VIP – Melhores da Mídia 2018.

Entre as 32 categorias, que reúnem os destaques da Televisão, da Internet e Famosos do Ano, está a escolha de Melhor Digital Influencer. Entre os concorrentes estão: Adriana Sant’Anna, Bella Falconi, Mayra Cardi, Mileide Mihaile e Thyane Dantas. Na sua opinião, qual destas foi o Melhor Digital Influencer de 2018? Acesse a votação e escolha o seu favorito.

Confira também:

Com marido internado, Bella Falconi agradece mensagens de carinho



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here