Paulo Betti é acusado de racismo; saiba mais!

Ator Paulo Betti é acusado de racismo por três atores globais
Paulo Betti – Foto: Divulgação

Três atores da emissora Globo de Televisão acusam Paulo Betti de racismo, após o ator global postar uma mensagem que pode ser interpretada como racismo por quem a recebeu.

Os colegas de trabalho de Paulo Betti, após acusá-lo, fizeram o caso parar na justiça, e agora o ator global terá que se explicar muito bem.

No momento, a ação é assinada pelos atores Cosme dos Santos e Jorge Coutinho.

Paulo Betti terá 15 dias para se manifestar e apresentar sua defesa pelo crime de injúria racial.Quem determinou o prazo foi o juiz Daniel Werneck Cotta, da 33ª Vara Criminal do Rio.

Entenda melhor o caso

Os três atores da emissora carioca de televisão (Milton Gonçalves, Jorge Coutinho e Cosme dos Santos) estão no mesmo grupo do aplicativo WhatsApp, chamado ‘Profissão Artistas’.

Então, em uma das conversas, o ator Paulo Betti enviou uma mensagem que foi considerada com teor racista, o que acabou complicando o ator, que deverá responder judicialmente.

A mensagem, escrita no dia 16/4, dizia: “A atual diretoria do Sindicato está lá há muito tempo, e tem uma forte representação negra com Jorge Coutinho e o grande Milton Gonçalves, além do querido Cosme, isso complica bastante a luta, pois pode confundir as coisas”.

Após o ocorrido, o ator seria, então, intimado a prestar sua defesa com relação à intenções da mensagem que foi escrita no grupo de WhatsApp dos famosos. Milton e Jorge desejam que Paulo Betti esclareça em juízo o que quis dizer exatamente com suas declarações .

O Ministério Público, que já está envolvido, somente tomará a decisão de proceder com a acusação penal ou não após a manifestação de Paulo Betti.

Hoje em dia, Jorge e Milton são Presidente e Diretor Geral, respectivamente, do Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos e Diversões do Estado do Rio de Janeiro, e há especulações que o ator Paulo Betti é participante de uma chapa que deve concorrer com ambos.

Veja também: