Silhueta Mulher/Reprodução

Nesta terça-feira (21) veio à tona um vídeo de uma pastora e cantora evangélica agredindo a sogra de 73 anos. A agressora é Lucimara Pires, de 34 anos. A filmagem acabou repercutindo nas redes sociais pela frieza da cantora ao lidar com a idosa.

De acordo com a coluna de Fábia Oliveira, quem registrou a queixa contra a agressora foi uma das netas da vítima. Lucimara já se pronunciou sobre o assunto e revelou que a discussão ocorreu no dia 7 de janeiro.

+Ex-mulher do goleiro Jean fala sobre suposta reconciliação com o atleta, que é acusado de agressão

A cantora ainda garantiu que tudo não passou de um incidente familiar. Porém, as imagens são claras e mostram a brutalidade da pastora ao lidar com a sogra.

As cenas chocaram os internautas na tarde de hoje. Uma mulher ficou indignada com a atitude da religiosa. “Misericórdia, cadê a sabedoria que Jesus nos ensina, cadê o espírito de mansidão, o amor ao próximo. Se fosse com a mãe dela…E esse filho que permite que a esposa faça isso com a própria mãe. Futuramente ela vai colher tudo o que está fazendo com a sogra. É o exemplo que ela está passando para as filhas dela, que pode bater na mãe, na sogra”, comentou na publicação.

+Após acusação de agressão, Monick Camargo revela perseguição do ex-noivo nas redes sociais

EXTRA! EXTRA!Pastora e cantora gospel agride sogra enquanto filho grava vídeo de sua mãe sendo espancadaA cantora gospel Lucimara Pires, de 34 anos, foi flagrada agredindo sua sogra, uma idosa de 73 anos que não teve a identidade revelada, na frente de pelo menos duas crianças. A missionária teria se envolvido numa briga com a sogra no dia 7 de janeiro, na cidade de Nova Andradina, em Mato Grosso do Sul. As informações são do Jornal da Nova.Ela contou que “foi xingada e agredida pela idosa, que chegou a lesionar sua boca e no momento em que estava se defendendo, o marido, que é filho da idosa, começou a filmar para mostrar aos irmãos e familiares que estava sofrendo com as atitudes da mãe”.“A mãe do meu esposo é muito transtornada, aparentando um descontrole anormal, me agrediu sem motivos, com muitos insultos. Fui obrigada a respondê-la, sem qualquer violência. Não houve nenhuma agressão física”, disse.A Polícia Civil por meio da Delegacia de Atendimento à Mulher (DAM) de Nova Andradina investiga se houve maus-tratos ou vias de fato mediante a violência doméstica.Leia: https://issuu.com/markmalcher/docs/brazilian_post_-_edi__o_183_-_jan-21-2020https://www.facebook.com/830743693955741/posts/1058351904528251/

Publiée par Aquarela Productions sur Mardi 21 janvier 2020

Com a repercussão do caso, uma moça com o mesmo nome de Lucimara passou a ser confundida na web, sofrendo ataques por parte dos internautas. Ela fez um vídeo pedindo para que parem de atacá-la, pois ela não é a moça que aparece no vídeo que viralizou.

“Peço um favor para vocês: um pouco de respeito…Eu amo minha filha, amo minha mãe, tenho um irmão especial. Não sou a moça do vídeo…Parem de me mandar mensagens”, desabafou.



30 COMENTÁRIOS

  1. Nossa misericórdia ela CANTA É PRA SATANÁS. DEUS É AMOR!
    Ela e um MONSTRO.
    Chorei tive vontade de chamar a Polícia pra ela. Você vai fcar IDOSA TB.
    AI VAMOS A SUA CONTA CHEGAR!
    DEUS VÊ TDO QUE AGENTE FAZ.
    VOCÊ FOI MTO MÁ COM ELA.
    NEM FORÇAS ELA TINHA ,EU NEM DORMI DIREITO DPOIS QUE VI O VÍDEO.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here