Wanessa Camargo/Youtube
Wanessa Camargo/Youtube

Wanessa Camargo conversou com em seu canal da Snack, sobre superexposição. A cantora participou da playlist ‘Se Conselho Fosse Bom’, com um tema que ela conhece muito bem.

Wanessa que cresceu praticamente em frente às câmeras, se lembra de quando, aos nove anos, começou a sentir os efeitos da fama por ter sua vida aberta ao público. “Eu sou uma artista que viu a internet nascer e tive que me adaptar. Nós controlávamos, de certa forma, a nossa aparição. Eu queria mostrar o meu trabalho, então para eu tocar no Gugu eu tinha que mostrar um pedacinho do meu quarto, era um acordo de cavalheiros. Eu vivi uma fase terrível chamada paparazzi, onde eu fui seguida de fato, com carro correndo atrás. Foram pegas situações minhas pessoais, onde eu estava discutindo com ex-namorado que foi exposto em capa de revista, foi um horror!“.

Mas como tudo na vida, ela admite que também aprendeu muito: “Quando teve essa fase de mudança para Internet, onde todo mundo começou a se expor eu tive muita dificuldade , eu demorei para me expor. Até hoje eu tenho um pouco de resistência. Eu tenho a sensação de quando eu estou filmando alguma coisa na minha vida, eu paro de vivê-la“.

Filhos

Como boa mãe que é, finaliza falando sobre a importância da qualidade do tempo para se dedicar aos filhos, José Marcus e João Francisco, com o marido, o empresário Marcus Buaiz.

“Muitas mães falam que sentem culpa por ficarem só duas horas por dia com seus filhos porque trabalham o dia inteiro. Se você ficar duas horas por dia com ele, olhando, ouvindo e conversando com ele, te garanto que é melhor do que aquela mãe que fica o dia inteiro, do lado do filho, mas só fica no celular . A qualidade não quer dizer o tempo que você mostra, mas como você vai fazer aquela pouca exposição ser sincera e verdadeira”.

Veja o vídeo:

Confira também:

Wanessa Camargo abre o coração e fala sobre aproximação com Graciele Lacerda



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here