Whindersson Nunes/Instagram
Whindersson Nunes/Instagram

O protagonista de uma das páginas mais seguidas do YouTube, Whindersson Nunes, tem uma vida aparentemente normal e está sempre rindo. Mas um quadro de depressão fez com que ele e sua esposa Luiza Sonza reduzissem os compromissos artísticos.

Luisa Sonza sobre depressão de Whindersson: ‘Já vinha notando há algum tempo’

Essa pausa nos trabalhos de ambos foi recente e importante para que pudesse tratar sua depressão. Whindersson tem contado com o apoio da esposa e quer retribuir todo suporte, amor e carinho que vem recebendo, também dos fãs.

Para isso anunciou seu projeto de ajuda psicológica e enfatizou que o objetivo é auxiliar pessoas que necessitem, e não, gerar lucros. Whindersson Nunes fez o anúncio do projeto nessa terça-feira (4), através do Twitter, e explicou um pouco melhor do que se trata.

O projeto é online e voltado à questão de problemas psicológicos com os quais muitas pessoas sofrem e não sabem ou não têm como iniciar um tratamento profissional. O artista está realmente empenhado na causa, e enfatiza que o projeto é filantrópico, sem fins lucrativos. Ele disse: “Espero que ajude muita gente, como muita gente me ajudou. (Com o projeto) não vamos mudar o mundo, mas talvez a gente mude o mundo de algumas pessoas”, confiante.

Acrescenta que “recebeu tanto carinho nas ruas, tanto apoio e palavras bonitas que nenhum mal que já fizeram a ele chega perto do carinho que recebeu”. Assim, essa será sua forma de demonstrar gratidão, ou como ele mesmo disse em sua página: “Essa será minha forma de agradecer”.

Assim como Whindersson, que desfruta de uma vida de felicidade e ostentação ao lado da esposa Luiza, muitas pessoas aparentam ter um equilibrado estado de saúde mental, mas na realidade sofrem com problema psicológicos, demorando a buscar tratamento ou até mesmo sem condições para isso, tendo sua vida afetada, até mesmo pelo assunto ainda ser um tabu.

Veja também:

Amigo de Neymar detona Whindersson Nunes após brincadeira com polêmica: “Babaca”

Colaborou: Juliana Beolchi



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here