O ator Bruno Gagliasso foi reprovado no teste do bafômetro na madrugada desta quarta-feira na avenida Niemeyer, em São Conrado, zona sul do Rio, durante operação da Lei Seca, informa Folha online. O ator da TV Globo, que estava acompanhado da namorada, a atriz Gionanna Ewbanck, teve a carteira de motorista apreendida e seu Land Rover rebocado.

De acordo com o coordenador geral do projeto Lei Seca, Carlos Alberto Lopes, Gagliasso também estava com a carteira de motorista vencida há mais de 30 dias e não estava com o licenciamento em dia. Segundo a polícia, o ator terá que responder a um processo administrativo do Detran, que pode resultar em um ano de suspensão do direito de dirigir.

"Ele só terá o veículo de volta quando pagar as dívidas anteriores, multas, IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores), além da taxa de reboque do veículo e a diária de cerca de R$ 50 do estacionamento no depósito público", afirmou o coordenador do projeto Lei Seca no Rio, Carlos Alberto Lopes.

Segundo a polícia, o teste do bafômetro do ator detectou 0,15 ml de álcool por litro de ar expelido. O ator terá que pagar multa de R$ 957,70 pela multa. Caso a concentração seja superior a 0,29 mg/l, além de multa e recolhimento da CNH (Carteira Nacional de Habilitação), o condutor será preso. A pena pode variar de seis meses a três anos.

Em sua página no Twitter, Gagliasso falou sobre o incidente nesta quarta-feira e disse que tomou apenas uma taça de espumante.

"Acabei de receber multa por causa de uma taça de champagne. Só podia dar 13 e deu 15. Não estou nem um pouco bravo. Agora, sei que nem uma taça pode! É bom nem arriscar bombom com licor", disse o ator.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here