“Boa noite! Nós somos os Mutantes”. Foi assim, com esta simples apresentação, que o guitarrista Sérgio Dias deu início ao primeiro show do lendário grupo no Brasil, depois de 30 anos sem pisar em palcos nacionais. Ansioso pela espera, o público de 500 convidados assistiu na última quarta, dia 15, no Rio de Janeiro, a um show especial para o Fantástico, marcando a volta dos Mutantes ao país – agora com Zélia Duncan no lugar de Rita Lee. O programa vai exibir duas das músicas gravadas, em domingos diferentes.

Sérgio Dias foi o “mestre-de-cerimônias” do reencontro do grupo com os fãs, que começou às 21h, no Garden Hall, na Barra da Tijuca. Lá estavam Arnaldo Baptista nos teclados e Dinho Leme na bateria, que apresentaram Zélia Duncan no vocal, com o apoio da backing vocal Esmérya Bulgari. Para começar, dispararam Tecnicolor, emendando com Cantor de Mambo. Seguiram então desfiando hits: Top Top, Baby, Le premier bonheur du jour, 2001 e Virginia.

Na platéia, muita gente emocionada, e até enxugando lágrimas, continuou cantando em coro Ando Meio Desligado, A Hora e a Vez do Cabelo Crescer, Minha Menina e Panis et Circensis, quando Sérgio Dias apresentou a banda: Simone Soul, nas percussões; Henrique Peters, nos teclados, flauta doce e vocal; Vinícius Junqueira, no baixo; Vitor Trida, nos teclados, flautas, viola, cello e vocal; Fábio Recco, backing vocal e percussão; e Esmérya Bulgari, no backing vocal e percussão. Os Mutantes agradeceram e voltaram para o bis, quando a nova vocalista não se acanhou em dizer para os convidados: “Sou tão fã quanto vocês”. Cantaram mais uma vez Balada do Louco e Ando Meio Desligado, despedindo-se depois de aproximadamente uma hora e meia de show.

A primeira apresentação vai ao ar no próximo domingo (19).



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here