Investigando a morte de Érico (Henrique Martins) e Heleninha (Adriana Prado), Joca (Caio Junqueira) resolve ir até a casa da prostituta
onde os dois corpos foram encontrados atrás de novas pistas. Para não ter problemas, ele faz tudo usando apenas uma lanterna. Enquanto isso, do lado de fora da casa, Léia (Angelina Muniz), sua mãe, fica observando a movimentação nas redondezas. No entanto, Ajuricaba (Umberto Magnani) chega ao local e estranha ao ver uma luz dentro da residência de Heleninha. Léia, assustada, tenta avisar ao filho que ele corre perigo, mas a bateria de seu celular acaba e ela só pode rezar. Ajuricaba, então, entra e se depara com Joca vasculhando tudo e lhe dá voz de prisão. O detetive até tenta argumentar, alegando que também quer descobrir o crime, mas de nada adianta e ele vai para a cadeia da cidade. Mas, Joca não sai de lá de mãos vazias.  Antes da chegada da polícia, ele consegue copiar num pendrive várias informações do computador da prostituta e o guarda dentro de sua meia, sem levantar suspeita.

A cena está prevista para ir ao ar no capítulo do dia 8 de julho de Ribeirão do Tempo.





DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here